Cafezal. Farming Brasil. SF, café conilon Agro - previsão do tempo

Café: a importância da análise foliar para aumentar a produtividade

De 30% a 40% da produção é baseada na nutrição, então uma falha na análise das folhas pode prejudicar o cafezal

No Brasil, os produtores rurais que atuam na cafeicultura são os que mais investem em análise foliar. Exemplo disso é que cerca de 90% dos produtores de café fazem esse tipo de análise, enquanto na soja esse número fica entre 10% e 15%, segundo estimativa da empresa Microquimica.

 

Mesmo assim, a cafeicultura ainda pode aprimorar o manejo nutricional da lavoura a partir do estudo das folhas. De acordo com Anderson Ribeiro, gerente de marketing da Microquimica e diretor de comunicação da Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal (Abisolo), o produtor rural deve explorar melhor essa tecnologia. “De 30% a 40% da produção é baseada na nutrição, então uma falha pode interferir na produtividade”, diz Ribeiro.

 

Interpretação dos dados

Além de investir em análise foliar, a interpretação dos resultados é uma área que precisa de mais atenção. “Muitas vezes o produtor dá uma importância superficial para a análise foliar e só maneja se é um problema muito grave”, conta Ribeiro. “Problemas leves podem estar tirando dois sacos de café da produtividade sem que o produtor perceba.”

 

Análise do solo ou da folha?

A análise da folha custa, em média, R$ 35 e 40. Em algumas regiões, esse valor é o dobro da análise de solo. Porém, segundo Ribeiro, a análise foliar pode trazer mais vantagens para o manejo. “Depois que o nutriente está na folha, ele só tem um caminho, fazer produtividade. No solo, ele pode ser perdido por outros meios, por isso a informação [da folha] é mais precisa e melhor para o produtor”, afirma o gerente da Microquimica.

 

Geralmente, todos os laboratórios que trabalham com análise de solo também oferecem o serviço de análise foliar. O estudo das folhas pode demorar alguns dias a mais para ficar pronto, se comparado com a análise de solo. Porém, alguns laboratórios estão investindo em tecnologia para entregar os resultados da análise foliar em até 24 horas.

 

Leitura da análise foliar

Na última semana de março, a Microquimica lançou o aplicativo CheckFolha Mobile Café, para facilitar a interpretação dos resultados desse tipo de análise “Com a evolução do mobile no meio rural, a gente viu que seria possível aumentar a informação para o produtor trazendo o aplicativo para o smartphone”, explica Ribeiro.

 

O aplicativo não exclui a necessidade de enviar as amostras das folhas para os laboratórios, porém, melhora a interpretação dos dados e gera economia de tempo. Sem essa interpretação feita pela ferramenta, o produtor teria que esperar um retorno do engenheiro agrônomo, que poderia levar mais de horas, a depender da disponibilidade do profissional.

 

Com o aplicativo, a leitura é instantânea. “O que acontece é que os laudos de laboratório não saem interpretados, eles saem como um exame de sangue. Por exemplo, ele mostra que o índice de nitrogênio é de 40, não fica claro se é bom ou ruim. O aplicativo compara os dados com as melhores referências de produtividade, as literaturas, e faz a interpretação de uma forma rápida. Sai o gráfico interpretado com a ação que deve ser feita”, diz Ribeiro.

 

O aplicativo CheckFolha  também está disponível para a soja e pode ser baixado em plataformas iOS e Android. Para os próximos anos, a Microquimica também deve disponibilizar a ferramenta para outras culturas, como milho e cana-de-açúcar.

 

Leia mais:

Preço da saca de soja deve cair para R$ 55,71 em 2018, diz o Imea

Fertilizantes: 6 dicas para garantir uma adubação fosfatada eficiente

Milho: custos de produção devem recuar na safra 2017/2018

Fertilizantes: mercado sinaliza melhor relação de troca para comprar adubo

Suspeitas de mal da vaca louca são infundadas, diz CNPC

Conheça os benefícios de plantar crotalária antes da safra de verão

Agrônomo precisa de especialização para conseguir emprego

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.

 

Leia mais