DATA: 13/11/2015

Vendas de laranjas diminuem no mercado paulista

De acordo com o Cepea, os compradores reduziram os pedidos da fruta com receio de perdas por conta da greve dos caminhoneiros

As vendas de laranja diminuíram nesta semana no mercado paulista in natura. Segundo colaboradores do Cepea, a paralisação de caminhoneiros foi o principal motivo.

 

Apesar de os impactos da greve não serem observados em todos os Estados, o temor de que as cargas ficassem paradas nas estradas, podendo haver perdas ou redução na qualidade, fez com que compradores reduzissem os pedidos.

 

Na parcial da semana (segunda a quinta-feira), a pera tem média de R$ 15,97 por caixa de 40,8 quilos, na árvore, alta de 1,3% ante a semana passada. Quanto ao mercado de lima ácida tahiti, os preços recuaram novamente com força.

 

A elevada disponibilidade de frutas de baixo calibre é o principal motivo da retração, já que produtores tentam aproveitar o período de preços altos para escoar pelo menos parte da produção.

 

Na parcial da semana, a tahiti tem média de R$ 61,31 por caixa de 27 quilos, colhida, queda de 20,2% em relação à anterior. Na próxima semana, os valores devem continuar em baixa, por conta da crescente oferta de frutos miúdos.

 

Com informações do Cepea.

 

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.