Vazio sanitário

Vazio sanitário da soja termina em seis estados na próxima semana

O objetivo do vazio sanitário é a redução da ferrugem asiática, a principal doença da cultura da soja

A chegada do mês de setembro marca o fim do período de vazio sanitário na maior parte dos Estados que adotam a medida. Na próxima semana, por exemplo, os produtores paranaenses podem iniciar o plantio da soja a partir do dia 10/09. Já na sexta-feira (15/09), os sojicultores dos Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Santa Catarina, Roraima e em algumas áreas produtoras do Estado do Pará, como as microrregiões de Conceição do Araguaia, Redenção, Marabá, São Feliz do Xingu, Parauapebas, Itaituba e Altamira (Distritos de Castelo dos Sonhos e Cachoeira da Serra), também podem começar o plantio.

 

O vazio sanitário é um período com no mínimo 60 dias em que os sojicultores são proibidos de efetuar a semeadura da soja ou manter plantas vivas da oleaginosa que restam da safra anterior nas lavouras. As plantas restantes devem ser eliminadas por meio de controle químico ou mecânico e o processo é de responsabilidade do produtor.

 

Ao eliminar as plantas vivas da lavoura na entressafra, o produtor promove a redução do fungo Phakopsora pachyrhizi causador da ferrugem asiática, principal doença que afeta a cultura da soja. O fungo é biotrófico, ou seja, necessita de um hospedeiro vivo para se multiplicar e o período de vazio sanitário impede que a doença se desenvolva e afete a produtividade das safras.

 

Os produtores que não respeitarem os períodos estabelecidos para cada Estado deverão pagar multas com valores determinados pelas unidades fiscais estaduais de referência. Atualmente, 12 Estados brasileiros e o Distrito Federal adotaram a estratégia. Confira abaixo o período de vazio sanitário em cada Estado.

 

Paraná: 10/06 até 10/09

Mato Grosso: 15/06 até 15/09

Mato Grosso do Sul: 15/06 até 15/09

Roraima: 15/06 até 15/09

São Paulo: 15/06 até 15/09

Santa Catarina: 15/06 até 15/09

Tocantins: 01/07 até 30/09

Goiás: 01/07 até 30/09

Minas Gerais: 01/07 até 30/09

Distrito Federal: 01/07 até 30/09

Bahia: 01/07 até 07/10

 

Pará: o Estado possui três períodos diferentes de vazio sanitário que ocorrem dependendo da região.

– Nas microrregiões de Conceição do Araguaia, Redenção, Marabá, São Feliz do Xingu, Parauapebas, Itaituba e Altamira (Distritos de Castelo dos Sonhos e Cachoeira da Serra), o vazio sanitário ocorre de 15/07 até 15/09.

– Nas microrregiões de Paragominas, Bragantina, Guamá, Tomé-Açu, Salgado, Tucuruí, Castanhal, Arari, Belém, Cametá, Furos de Breves e de Portel, o vazio sanitário ocorre de 01/09 até 30/10.

– Nas microrregiões de Santarém, Almeirim, Óbidos, Itaituba (municípios de Rurópolis e Trairão) e de Altamira (com exc. Distritos de Castelo de Sonhos e Cachoeira da Serra), o vazio sanitário ocorre de 01/10 até 30/11.

 

Maranhão: o Estado possui dois períodos diferentes de vazio sanitário que também ocorrem conforme a região.

– Nas microrregiões de Alto Mearim, Grajaú, Balsas, Imperatriz e Porto Franco, o vazio sanitário ocorre de 01/08 até 30/09.

– Nas microrregiões de Baixada Maranhense, Caxias, Chapadinha, Codó, Coelho Neto, Gurupi, Itapecuru Mirim, Pindaré, Presidente Dutra, Rosário, Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar e São Luís, o vazio sanitário ocorre de 15/09 até 15/11. Para mais informações, acesse o portal da Embrapa (clicando aqui).

 

* Rebecca Emy é trainee de jornalismo, com supervisão de Darlene Santiago.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.
Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. Na reportagem de capa, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas de milho por hectare.

As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda. Para adquirir a revista, entre em contato conosco (a revista custa R$ 14,90 + frete de R$ 6,50. Clique aqui para enviar o seu pedido.

 

Revista Successful Farming Brasil
Revista Farming Brasil

A primeira edição aborda os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A equipe de reportagem ouviu produtores de Norte a Sul do Brasil e coletou os melhores depoimentos que ensinam a ter sucesso na implantação desses sistemas.

Em outra reportagem exclusiva, sojicultores contam os segredos de manejo nas lavouras de soja que garantiram produtividade acima de 100 sacas por hectare. Há também reportagens sobre o manejo de pragas com produtos biológicos, soluções para evitar a compactação de solo, como o uso de drones avança no campo, entre outros temas. Para adquirir a revista (R$ 14,90 + frete de R$ 6,50), clique aqui para enviar o seu pedido.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.

Deixe seu comentário

Leia mais