Mato Grosso do Sul inicia vacinação contra a febre aftosa

Primeira etapa da vacinação contra febre aftosa na área de fronteira de Mato Grosso do Sul inicia nesta sexta-feira-feira (1º)

A primeira etapa da vacinação contra febre aftosa na área de fronteira de Mato Grosso do Sul inicia nesta sexta-feira-feira (1º). Devem ser imunizados bovinos de todas as faixas etárias, ou seja, de mamando a caducando. O Sistema Famasul, da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, alerta ao produtor rural para fique atento ao calendário oficial de imunização. Ao todo, serão vacinados aproximadamente 520 mil animais da região.

 

A área de fronteira compreende treze municípios do Estado e o prazo final da vacinação vai até 15 de maio. Após este período, o produtor rural precisa fazer o registro da vacina junto à Iagro – Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, no máximo até 15 dias após o prazo final da campanha, no portal da Agência (Clique aqui para acessar).

 

De acordo com informações da Famasul, a região de fronteira sul-mato-grossense compreende a totalidade dos municípios de Antônio João, Japorã e Mundo Novo e parte dos municípios de Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Ladário, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho e Sete Quedas.

 

Mato Grosso do Sul  é livre de aftosa com vacinação desde 2011. Segundo o médico veterinário do Sistema FAMASUL, Horácio Tinoco, para o Estado manter a atual condição é preciso uma ação permanente. “Os produtores rurais precisam continuar o trabalho de prevenção para manter o status que é reconhecido pela OIE – Organização Mundial de Saúde Animal e abre portas para que a nossa carne bovina conquiste um espaço de cada vez maior no mercado internacional”, ressalta.

 

“Os produtores destes municípios (da Fronteira) têm tomado todas as medidas sanitárias necessárias para o fortalecimento do setor. Exemplo deste trabalho é que o índice de cobertura vacinal na região ultrapassa 99%”, afirma Tinoco. O reconhecimento do status, ressalta, é resultado do trabalho realizado pelos pecuaristas, trabalhadores e técnicos do setor, com a orientação da Iagro – Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal e do Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

 

Na região do Planalto, a vacinação vai do dia 02 de maio a 1º de junho. No Pantanal, para os optantes da etapa de maio, inicia também no dia 02 e vai até o dia 16 de junho. O calendário é diferenciado por determinação da Agência, resultado de estudos epidemiológicos das diferentes regiões produtoras. A mudança na vacinação da aftosa  para todo o rebanho do Planalto, passando de novembro para maio, ocorreu em  2012, atendendo demanda dos produtores e defendida pelo Sistema Famasul, por ser este o período mais adequado para reunir e vacinar o rebanho das propriedades.

 

Calendário da 1ª etapa de vacinação de Mato Grosso do Sul

Fronteira: de 1º de abril até 15 de maio

Planalto: de 02 de maio a 1º de junho

Pantanal: o produtor optante da etapa maio – período de 02 de maio a 16 de junho

 

 

Deixe seu comentário

Leia mais