Suíno

Suínos: conheça as principais raças que garantem o sucesso da suinocultura

Saiba qual é o ganho de peso, vantagens, informações sobre fecundidade e características físicas das raças mais famosas

O Brasil é o quarto maior produtor e exportador de carne suína do mundo. Segundo um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no primeiro trimestre de 2017 foi abatido um total de 10,46 milhões de cabeças de suínos, um crescimento de 2,6% se comparado com o ano passado.

 

De acordo com o Ministério da Agricultura, Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná são os maiores produtores nacionais. Segundo Elsio Figueiredo, pesquisador da Embrapa Aves e Suínos, se a propriedade rural tiver espaço para a criação e o produtor tiver acesso a mão de obra especializada, a produção de carne suína é uma boa opção de renda. Conheça as principais raças que compõem a produção brasileira.

 

suínos - raças de suínos - carne suína - suinocultura - farming brasil
Suíno landrace

Landrace

O suíno da raça Landrace é um dos mais produzidos no Brasil. Caracterizados pela pele e pelagem finas, os animais adultos podem chegar a pesar entre 200 e 300 quilos. Eles atingem a idade ideal para o abate por volta dos 6 a 7 meses de vida, com aproximadamente 80 quilos. De acordo com Figueiredo, as fêmeas da raça têm grande capacidade reprodutiva e são amplamente utilizadas como matrizes.

 

suínos - raças de suínos - carne suína - suinocultura - farming brasil
Suíno Large White

Large White

A raça Large White possui um bom ganho de peso diário e um bom rendimento de carcaça. Os animais são caracterizados por sua pelagem branca e pelo porte grande. De origem inglesa, a raça também é conhecida pela capacidade reprodutiva e muito utilizada como matriz. Segundo Figueiredo, é comum o cruzamento dos machos da raça com as fêmeas Landrace para produção industrial.

 

suínos - raças de suínos - carne suína - suinocultura - farming brasil
Suínos Duroc

Duroc

Os animais da raça Duroc são conhecidos pelo alto ganho de peso diário. A partir dos 12 meses de vida, os machos podem chegar a pesar 270 quilos, enquanto as fêmeas atingem 225 quilos. Os produtores investem nessa raça principalmente para a produção de banha e toucinho. Os animais são ágeis, flexíveis, fortes e caracterizados pela pelagem avermelhada. Leia também: 4 dicas para criar suínos da raça Duroc.

 

suínos - raças de suínos - carne suína - suinocultura - farming brasil
Suínos Pietrain

Pietrain

A raça de origem belga é destinada para a produção de carne e toucinho. Caracterizada por sua pelagem branca com manchas pretas, apresenta temperamento tranquilo e boa prolificidade. Em comparação com as raças Landrace e Duroc, a Pietrain apresenta o melhor rendimento de carcaça. “[A raça possui] excelente conversão alimentar e rendimento de carne na carcaça”, diz Figueiredo.

 

suínos - raças de suínos - carne suína - suinocultura - farming brasil
Suíno Hampshire

Hampshire

A partir dos 12 meses de idade, os suínos Hampshire podem pesar de 200 a 300 quilos. Esses animais apresentam uma mescla de pelagem curta e preta com uma faixa de pelos brancos na altura dos membros anteriores. A carcaça é considerada rústica e de boa qualidade para a produção de carne fresca. Com relação à prolificidade (fecundidade), as fêmeas são capazes de gerar, em média, 9 leitões por prenhez.

 

* Rebecca Emy é estudante de jornalismo, com supervisão de Darlene Santiago.

 

Leia mais:

Produtor de soja deve ter margem de lucro muito pequena ou negativa

Produtividade do milho: como colher 292 sacas por hectare?

Clima controlado: tecnologias para proteger lavouras das intempéries

Integração Lavoura-Pecuária é o caminho para lucrar mais na fazenda

Funrural: governo estuda solução para o produtor que não pagou o imposto

6 dicas para acabar com a compactação do solo

Agentes biológicos podem revolucionar o controle de pragas na soja

Conheça a revista Farming Brasil, já nas bancas!

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.
Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. A reportagem de capa celebra o recorde de produtividade do milho na primeira safra 2016/2017. Produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas por hectare.

Outra reportagem apresenta tecnologias para monitorar o clima na região da fazenda e aperfeiçoar o manejo das lavouras. As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.

Deixe seu comentário

Leia mais