Sigatoka-amarela: pesquisa avalia a estrutura genética do fungo causador

Além de prejudicar a produção, a doença pode gerar prejuízos de até 50% e levar à perda total do bananal

A banana é um dos principais produtos do agronegócio internacional. O Brasil é o quarto produtor mundial, produzindo cerca de 7 milhões de toneladas de banana, voltados principalmente para o mercado interno. Segundo informações divulgadas pela Defesa Vegetal, os principais estados produtores são: Bahia (1.068.341 t), São Paulo (998.038 t), Minas Gerais (795.900 t), Santa Catarina (710.183 t) e Pará (595.527 t).

 

Sigatoka-amarela

Na cultura da banana, várias doenças podem causar severas perdas na produção, além de comprometer a qualidade da fruta. De acordo com comunicado da Defesa Vegetal, entre elas, destaca-se a sigatoka-amarela causada pelo fungo Mycosphaerella musicola, podendo provocar perdas redução da área foliar, morte das folhas, diminuição no tamanho dos cachos e maturação precoce dos frutos. Os prejuízos são da ordem de 50%, podendo levar à perda total em bananais onde o manejo não é feito de forma adequada.

 

Uma equipe formada por pesquisadores da Universidade Federal de Viçosa e da Universidade da Califórnia, avaliaram a estrutura genética populacional do fungo M. musicola. Isso foi feito através de isolados de conídios coletados em quatro regiões de Minas Gerais (Norte, Sul, Zona da Mata e Triângulo Mineiro). Identificaram os genótipos multilocus, o que possibilitou designar ou excluir indivíduos de uma determinada população.

 

Resultados

Foram detectados oito grupos genéticos, sendo que sete estavam presentes em todas as regiões e apresentavam pouca diferenciação entre si. Os autores determinaram a população de M. musicola de Minas Gerais como panmítica.

 

Segundo a Defesa Vegetal, de acordo com o equilíbrio de Hardy-Weinberg, as frequências genotípicas obtidas após uma geração panmixia irão permanecer constantes subsequentes gerações. Ou seja, em populações panmíticas a expressão dos fatores genéticos de resistência ocorre mais rapidamente. Portanto, é fundamental o estabelecimento de estratégias pró-ativas de manejo da resistência a fungicidas para estas populações.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.
Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. Na reportagem de capa, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas por hectare.

As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda. Para adquirir a revista, entre em contato conosco (envie sua mensagem aqui).

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.

 

Deixe seu comentário

Leia mais