DATA: 08/12/2015

Selo Sabor Gaúcho é ampliado em São Sepé

As agroindústrias do município estão recebendo o apoio da Emater/RS-Ascar e seus parceiros para que elas possam chegar à sua legalização

Em São Sepé, no Jacui Centro, as agroindústrias do município estão recebendo o apoio da Emater/RS-Ascar e seus parceiros para que elas possam chegar à sua legalização. O processo faz parte do Programa da Agroindústria Familiar, da secretaria estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR).

É o caso da Agroindústria Panificação da Eliana, localizada em Tupanci, que recebeu na sexta-feira, dia 4/12, o Selo Sabor Gaúcho, que é o certificado de qualidade das agroindústrias gaúchas de que seus produtos provêm de um estabelecimento legalizado do ponto de vista fiscal, sanitário e ambiental.

“As demais agroindústrias que possuem o Selo Sabor Gaúcho no município, são de uma agroindústria de abate de ovinos, na localidade de São Rafael e duas de panificação, nas localidades de Mata Grande e Tupanci”, conta a extensionista do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de São Sepé, Lilian Varini Ceolin.

A agroindústria Panificação da Eliana foi a quarta agroindústria a receber o Selo Sabor Gaúcho no município de São Sepé. Conforme Lilian, outras seis agroindústrias nas áreas de processamento de mel, leite, ovos coloniais, hortifrutigranjeiros e sucos estão recebendo orientação da equipe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar para que, em breve, estejam legalizadas e aptas a receber também o Selo Sabor Gaúcho.

O Programa da Agroindústria Familiar, implantado pela secretaria estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), fomenta a agroindústria do Rio Grande do Sul buscando promover a melhoria da qualidade daquilo que é produzido, incentivando assim, as famílias produtoras a comercializar para outros mercados e também a se inserirem em programas nacionais de fornecimento de alimentos.


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.