Lavoura de milho
DATA: 13/09/2017

Santa Catarina tem interesse em importar milho do Paraguai

O custo do frete poderia cair em até 70%, o que daria mais sustentabilidade para o agronegócio catarinense SF Agro

Santa Catarina, Argentina e Paraguai se unem para construir uma nova rota para o transporte de milho. O grão produzido no Paraguai poderá abastecer as cadeias produtivas de suínos, aves e leite em Santa Catarina. Grande produtor de carnes e leite, Santa Catarina se tornou também o maior importador de milho do país. Todos os anos são mais de três milhões de toneladas do grão que saem do Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul para abastecer as cadeias produtivas de suínos, aves e leite em Santa Catarina. A nova rota pode encurtar as distâncias percorridas pelo grão e dar mais competitividade para o agronegócio catarinense.

 

A intenção é que o milho saia do Paraguai, siga para Argentina (passando pela Província de Misiones em direção a Bernardo de Irigoyen) e chegue até Dionísio Cerqueira. O custo do frete poderia cair em até 70%, o que daria mais sustentabilidade para o agronegócio de Santa Catarina. O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, explica que essa é uma possibilidade real e que pode representar a continuidade do modelo econômico catarinense.

 

Importação de milho

“Nossa produção de milho é de 3,2 milhões de toneladas de milho e nosso consumo gira em torno de 6,5 milhões de toneladas do grão. Hoje para trazer milho do Mato Grosso pagamos mais no frete do que no grão, porque são em média dois mil quilômetros de distância, precisamos pensar em rotas alternativas que deem mais competitividade para nossa cadeia produtiva”, diz.

 

Caso a Rota do Milho se concretize, o milho estará a 354 km de Dionísio Cerqueira, onde já existe um serviço de aduana, e a 555 km de Chapecó, maior centro de consumo do grão em Santa Catarina. Quase metade do trajeto feito pelos caminhões que trazem milho do Mato Grosso, por exemplo.

 

O secretário adjunto Airton Spies, que representará Santa Catarina no Encontro, afirma que da reunião sairá um documento onde serão apontadas as etapas para viabilizar a Rota do Milho. “Hoje, Santa Catarina já traz milho do Paraguai, porém por uma rota mais longa, passando por Foz do Iguaçu, com muitas dificuldades aduaneiras, formação de longas filas de caminhões que atrasam e geram custos. Essa nova rota reduziria o tempo de transporte e o custo. Colocando o estado com uma vantagem competitiva para produção de carnes e leite”, diz.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Farming Brasil. Ano 1, edição 3.

Farming Brasil. Ano 1, edição 3.

A terceira edição da revista Farming Brasil tem reportagem de capa sobre a plantabilidade da soja, com um dossiê completo para avaliar o solo, regular as plantadeiras, capacitar o operador da máquina e plantar com qualidade.

A revista conta também com um robusto especial sobre pecuária. A terceira edição apresenta tecnologias para as máquinas agrícolas, como os pneus radiais e as esteiras de borracha para colheitadeiras de grãos, sistemas de irrigação, tecnologia de aplicação de fertilizantes a taxa variável, energia solar e muito mais! Para adquirir a revista (R$ 14,90 + frete de R$ 6,50), clique aqui para enviar o seu pedido.

 

 

 

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.

Farming Brasil

Revista Successful Farming Brasil

Revista Farming Brasil

Na reportagem de capa da segunda edição, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas de milho por hectare. As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda.

A primeira edição aborda os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A equipe de reportagem ouviu produtores de Norte a Sul do Brasil e coletou os melhores depoimentos que ensinam a ter sucesso na implantação desses sistemas.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais