DATA: 12/01/2016

Representantes de moinhos de trigo negociam antecipadamente

Compradores estão preocupados com a baixa disponibilidade de trigo de boa qualidade, além da forte valorização do dólar

Alguns representantes de moinhos de trigo vêm demonstrando cada vez mais interesse nas negociações antecipadas. Muitos dos representantes se encontram preocupados com a baixa disponibilidade de trigo de boa qualidade, tanto no Rio Grande do Sul, quanto na Argentina, além da forte elevação do dólar frente ao real.

 

No spot, as negociações se mantêm lentas desde meados de dezembro do ano passado. Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os compradores demonstram estar abastecidos e negociam de forma pontual, apenas para atender a necessidade de curto prazo.

 

“O interesse por contratos, no entanto, vem sustentando o preço nacional e essa tendência pode ser mantida nos próximos meses. Além disso, a expressiva elevação nos valores de milho pode influenciar as cotações do trigo, visto que são concorrentes para o uso na ração animal”, diz o Cepea.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais