DATA: 11/02/2016

Recuperação do solo beneficia plantio de milho no Acre

Fazenda investiu na pulverização do calcário no solo, garantindo eficiência na adubação e na correção da acidez

A agricultura está se destacando na região do Juruá, no Acre. Prova disso é a expansão do plantio de milho, na fazenda Nova Canaã, localizada no quilômetro 10 da BR-307, em Cruzeiro do Sul. Na última agenda do governador Tião Viana na região, o proprietário José Correia dos Santos agradeceu o apoio que recebeu do governo para a recuperação do solo, que resultou no plantio de 60 hectares de milho.

 

No local, que era uma fazenda completamente degradada, as secretarias de Agricultura e Pecuária (Seap) e de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) trabalharam a pulverização do calcário no solo, garantindo eficiência na adubação e na correção da acidez, além de atuar como fertilizante. Com 60 hectares plantados, o proprietário já está ajustando para 100 hectares de milho, o que representa, para Tião Viana, um grande potencial produtivo, com foco na agroindustrialização do Acre.

 

“Então, aquilo que estava degradado e não gerava renda, com a união da família, do trabalho e a participação do governo, o resultado é que ele não só tá produzindo e vendendo milho para o mercado local, como também preparando a silagem para quando chegar o verão e tiver a crise no pasto, ele ter o alimento para o gado também”, disse Viana.

 

A Seap e a Seaprof enviaram, ainda, o maquinário necessário para auxiliar na aradagem e na pulverização do calcário. O trabalho garante uma terra boa por até oito anos, reduzindo a pressão sobre o desmatamento e as queimadas, além de permitir ao produtor rural, alternar culturas e ter plantação o ano inteiro.

 

Até cinco mil sacas de milho na primeira safra

O gerente administrativo da fazenda, Moisés Castro, contou que, além disso, a assessoria técnica da Seap foi fundamental. “Agora, estamos avançando na silagem. Começamos esse projeto em julho de 2015, e, nessa primeira safra, prevemos colher cinco mil sacas de milho”, contou o gerente. O deputado federal César Messias disse que esse é um novo momento para a produção no Acre. “Aqui, nós estamos ampliando a verticalização da produção em nossos ambientes rurais do estado”, pontuou o parlamentar.

 

O gestor da Seap, José Carlos Reis, destacou que esse é o governo que apoia o produtor rural. “O governo, por meio das secretarias da área rural, está transformando essas áreas. Para nós, é importante, pois, assim, a gente garante mais renda para o nosso produtor, o que é o foco desse governo”, afirma.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.