DATA: 22/02/2016

Projeto Porto Escola vai atender alunos das ilhas e comunidades rurais

Lançado em 2015, o projeto ensina de forma lúdica a importância da atividade portuária para a economia local e nacional

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) vai ampliar o alcance do Projeto Porto Escola – Educação para a Sustentabilidade, em 2016. A partir do próximo dia 25 de fevereiro, três mil alunos de 113 turmas da rede municipal de Paranaguá conhecerão as instalações do Porto durante o ano letivo. Outra novidade, além da ampliação, é que alunos das escolas rurais e das escolas das Ilhas localizadas na baía de Paranaguá também poderão visitar o Porto.

 

Lançado em 2015, o projeto ensina de forma lúdica a importância da atividade portuária para a economia local e nacional. O Porto Escola é desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Paranaguá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e tem como público-alvo alunos do 5º ano (de 10 a 12 anos de idade). Em seu primeiro ano de execução o programa atingiu a marca de dois mil participantes.

 

“O Projeto Porto Escola é inovador na área portuária. Ele apresenta de forma lúdica, por meio de palestra interativa e visita ao cais, a importância da atividade portuária, incluindo noções de cidadania, segurança do trabalhador, saúde e conservação do meio ambiente”, conta o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino.

 

Preparação

Nesta sexta-feira (19/02), cerca de 90 diretores e professores das escolas da rede municipal de ensino de Paranaguá que participam do projeto estiveram na Appa para um encontro de nivelamento. O objetivo foi avaliar os resultados obtidos em 2015 e incluir novos temas para serem abordados em 2016, entre eles, formas de prevenção e de combate à dengue.

 

“O Porto Escola irá reforçar com as crianças as orientações para o combate à dengue, com a mesma linguagem utilizada pelos professores em sala de aula”, diz a secretária de educação de Paranaguá, Ilda Werner. Ela elogiou a iniciativa da Appa e disse que o desejo dos educadores do município é de que o Porto Escola se torne uma ação permanente na agenda da Administração Portuária e da Prefeitura.

 

“Embora os nossos alunos residam em Paranaguá, eles não têm a oportunidade de vir até o Porto e conhecer de perto a sua importância e atuação. Os resultados obtidos no ano passado superaram as nossas expectativas e o Porto é um parceiro que está contribuindo para mantermos uma educação de qualidade na rede municipal de ensino”, afirma a secretária. Ao todo, Paranaguá conta com 17 mil alunos matriculados na rede municipal.

 

Visitas

Em 2016, o Projeto Porto Escola receberá três mil alunos de 32 escolas da área urbana e outras 14 escolas da zona rural e das comunidades pesqueiras. As visitas serão realizadas sempre às quintas-feiras, das 8h30 às 11h, com capacidade para atender 60 alunos por visita e entre às 14h e 16h, quando cerca de 35 alunos serão recebidos.

 

A visita dos alunos começa com uma palestra sobre a história do Porto de Paranaguá e sua relevância para a economia local. Os estudantes aprendem sobre a importância da Baía de Paranaguá, sobre a necessidade de separação e destinação correta do lixo para proteção das espécies e qualidade de vida na cidade e sobre os procedimentos de segurança vigentes no porto. Depois, visitam o cais do Porto e conhecem de perto a equipe de prontidão que atua em casos de emergência ambiental.

 

O diretor de meio ambiente da Appa, Marco Aurélio Ziliotto, disse que o projeto prioriza o fortalecimento da relação porto-cidade e já está se tornando exemplo para outros portos. “Estamos ampliando a abrangência do projeto devidos aos seus resultados, avaliados a partir da participação e interação dos alunos e professores com a equipe técnica e pedagógica”, diz Ziliotto.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.