DATA: 19/11/2015

Produtores estimam alta dos preços de suínos devido à demanda natalina

Frigoríficos contrariam as expectativas, limitando as aquisições, indicando ritmo lento das vendas e estoques relativamente altos

O setor de suínos avança em novembro com expectativas distintas. Produtores de várias regiões estão apostando em alta do preço no curto prazo em função do típico aquecimento da demanda no fim do ano. Já os frigoríficos limitam as aquisições, indicando ritmo lento das vendas da carne e estoques relativamente altos.

 

Os dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada indicam que os preços do suíno vivo estão predominantemente firmes. Entretanto, em algumas praças, depois de terem restringido a oferta em semanas anteriores, produtores voltam a negociar, o que tem causado queda dos preços. Essa situação ocorre em Minas Gerais. Nas praças de São José do Rio Preto, Avaré/Fartura e Grande São Paulo, as cotações subiram em sete dias.


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais