Produtores do Benfica iniciam a criação de peixes

Em menos de um mês, quatro tanques que serão usados para a criação de peixes ficaram prontos no Acre

Durante 26 dias, máquinas da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) trabalharam na construção da realização do grande sonho do produtor rural Jonas de Oliveira, morador do quilômetro 6 da estrada AC-40, Ramal Benfica. Em menos de um mês, quatro tanques que serão usados para a criação de peixes ficaram prontos. Na tarde de quinta-feira (04/02), a família de Jonas deu mais um passo para concretizar o sonho de trabalhar com a piscicultura.

 

Um dos tanques recebeu os primeiros alevinos que dão início, de fato, à criação do pescado. A primeira soltura foi de 3,5 mil pirapitingas e mil curimatãs. “Estou muito satisfeito. Para quem é piscicultor, é só quando a gente coloca o peixe na água, que se tem a impressão que o trabalho de verdade vai começar. Agora sim, vem a melhor parte que é começar a criação”, afirma Jonas de Oliveira.

 

A intenção do produtor é criar nos quatro tanques cerca de 12 mil peixes. Em dois deles o objetivo é que sejam exclusivos para a criação de pirarucu. “O pirarucu tem um valor de mercado muito interessante. Quero me dedicar à criação de várias espécies, mas o pirarucu será um carro chefe da minha produção”, conta Jonas.

 

Cledir Caetano, chefe da cadeia produtiva da piscicultura na Seaprof, acompanhou a soltura dos alevinos e destacou a parceria do produtor. “Esse é o tipo de parceria que todo mundo ganha. Seu Jonas tinha o sonho de criar peixes. Disponibilizamos as máquinas, o produtor ajudou com o conserto e a manutenção dos equipamentos, e o resultado são quatro tanques de excelente qualidade”.

 

Deixe seu comentário