Colheita de milho. Colheitadeira. Colhedora de grãos.

Produtividade do milho cresce e surpreende produtores do Rio Grande do Sul

Colheita evolui em todas as regiões produtoras do Estado, beneficiada pelo clima quente e seco dos últimos dias

A colheita do milho evolui em todas as regiões produtoras do Rio Grande do Sul, beneficiada pelo clima quente e seco dos últimos dias. O percentual de área colhida chega a 75% do total, tendo ainda 18% em condições para colheita. As produtividades têm surpreendido positivamente em muitos casos, com os produtores colhendo quantidades acima do esperado, fazendo com que a média estadual, que agora se situa ao redor dos 6,3 mil kg/ha, seja revisada para cima ao final da colheita.

 

De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, as áreas de milho implantadas fora do período recomendado ou mesmo as sobressemeadas estão em enchimento de grãos e apresentam muito bom aspecto visual. O milho destinado à produção de silagem alcança 80% de área já colhida, com as produtividades chegando, em média, a 36,6 mil kg/ha de massa verde.

 

Soja

Na soja, o percentual de área colhida chega a 45% do total, sendo que outros 38% já se encontram prontos para colheita. As produtividades obtidas até o momento apresentam grande amplitude, podendo variar de 30 a 70 sacas de soja por hectare em um mesmo município. Entretanto, a média estadual mantém as estimativas de 3 mil kg/ha.

 

Feijão

A primeira safra de feijão do RS está em final de colheita, restando apenas parte dos Campos de Cima da Serra. A safrinha ou segunda safra, em evolução, apresenta bom desenvolvimento e potencial produtivo favorável. No final de março, as lavouras se encontravam em fases de desenvolvimento vegetativo (30%), floração (33%) e formação de vagem (29%). No momento, os agricultores seguem realizando preventivamente tratamentos fúngicos, pois em algumas regiões as manhãs com neblina favorecem a incidência de doenças.

 

Arroz

Os agricultores aceleraram a colheita do arroz, especialmente no centro Leste do Estado. No momento, o percentual de área colhida no RS alcança 45% do total semeado, sendo que o produto colhido até aqui apresenta qualidade satisfatória, com os grãos obtendo bom rendimento no engenho. As produtividades alcançadas seguem dentro do esperado, em torno dos 7,6 mil kg/ha. Em muitas situações, as produtividades do arroz ultrapassam os 8 mil kg/ha.

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Leia mais