DATA: 22/10/2015

Preços do leite caem e custos de produção sobem

A baixa demanda por produtos lácteos é um dos fatores que influenciam na diminuição do preço do produto

A constante alta dos preços ao produtor de leite chegou ao fim. Essa é uma das informações da Carta Leite divulgada pela Scot Consultoria nesta quinta-feira (22/10). No pagamento do mês de setembro, referente à produção de agosto, o preço caiu 0,9%. O produtor recebeu R$0,969 por litro, considerando a média nacional. No acumulado de 2015, o recuo foi de 9,4%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo os consultores, com esse cenário atual, a situação do produtor de leite fica mais difícil.

 

Com o aumento na produção e a safra no Brasil Central e região Sudeste, a previsão é de queda de preço neste trimestre – entre os meses de outubro e dezembro. A diminuição no preço tem relação com a baixa demanda por produtos lácteos e o menor consumo no final do ano, em função de festas e férias escolares. Esse cenário vai pesar também nos custos de produção, que vêm aumentando expressivamente.

 

O Índice Scot Consultoria de Custos de Produção para a atividade leiteira subiu 4,5% em outubro em comparação com setembro. Em relação ao mesmo período de 2014, os custos tiveram um aumento de 13,9%. O índice leva em conta a variação de preços dos principais itens que compõe os custos da atividade – alimentação, suplementos minerais, mão de obra e outros itens. Dentre esses, a alimentação dos animais representa mais de 30% dos custos de produção.

 

Leia o informativo completo aqui.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.