Lavoura de soja

Plantio da soja: cuidado com a densidade e o arranjo espacial das plantas

Tire todas as suas dúvidas sobre semeadura cruzada, espaçamento reduzido e “fileira dupla”

O produtor brasileiro trabalha diariamente com um simples objetivo: aumentar a produtividade de sua lavoura e reduzir os custos. Nessa busca constante, muita gente procura alternativas para o arranjo espacial de plantas, ou seja, a forma como elas são dispostas na área.

 

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.
Farming Brasil

Para sanar dúvidas sobre esse tema, a Embrapa Soja realizou o projeto “Novos sistemas de semeadura e arranjos de plantas para aumento da produtividade e sustentabilidade da cultura da soja”. O estudo, realizado durante três anos em todo o Brasil, avaliou arranjos alternativos, entre eles a semeadura cruzada, a fileira dupla, espaçamento reduzido e o plantio em covas.

 

De acordo pesquisador Alvadi Antônio Balbinot Junior, a pesquisa encontrou respostas para alguns dos modelos de arranjos produtivos de soja que estão sendo testados por produtores. “O arranjo pode alterar o crescimento da cultura, a incidência de estresses bióticos (plantas daninhas, insetos, pragas e doenças) e abióticos (déficit hídrico), a qualidade das pulverizações, o acamamento e, consequentemente, a produtividade e qualidade dos grãos”, afirma.

 

Semeadura cruzada

Entre os arranjos avaliados, destaque para a semeadura cruzada, que já é adotada há algumas safras por produtores brasileiros. A técnica consiste na disposição das plantas de forma distinta, ou seja, em vez de plantar de forma linear, o cultivo é feito como se fosse um tabuleiro de xadrez.

 

Após seguir com a plantadeira em linha, o produtor depois retorna em sentido perpendicular. “Na maioria dos experimentos, além de não haver o aumento de produtividade, foi constatado o incremento do custo de plantação da lavoura. Esta prática não é recomendável”, afirma Balbinot Junior.

 

Espaçamento reduzido

Também foram avaliados modelos de arranjo com o espaçamento reduzido, com 20 a 30 centímetros entre fileiras. “A redução do espaçamento, em mais de 85% dos experimentos, mostrou que a técnica não traz aumento de produtividade”, afirma o pesquisador.

 

Também foram feitos testes com o plantio de “fileira dupla”, que consiste em duas linhas espaçadas de 20 centímetros, seguido de um espaçamento de 60 centímetros, e retoma com duas linhas de 20 centímetros. “Pensamos em aumentar a quantidade de plantas por área, com foco na produtividade, fizemos vários experimentos e vimos também que não é recomendável”, diz.

 

De acordo com o pesquisador, de modo geral, o estudo mostrou que o sistema utilizado hoje pelo agricultor, com espaçamento entre 45 e 50 centímetros entre as linhas da lavoura, é o mais adequado e o que apresentou melhores resultados.  “Concluímos que diminuir o espaçamento ou aumentar a quantidade de plantas bem acima daquilo que as empresas de melhoramento genético recomendam não é indicado, pois não houve ganhos significativos nas propriedades avaliadas”, afirma.

 

* Esse é um pequeno trecho da reportagem publicada na revista Farming Brasil. Quer conferir o texto completo? Clique aqui e envie o pedido para adquirir a segunda edição da revista.

Revista Farming Brasil

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.
Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. A reportagem de capa celebra o recorde de produtividade do milho na primeira safra 2016/2017. Produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas por hectare. Quer adquirir a revista? Clique aqui e envie o seu pedido.

Outra reportagem especial apresenta as mais modernas tecnologias para monitorar o clima na região da fazenda e aperfeiçoar o manejo das lavouras. As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda.

 

Deixe seu comentário

Leia mais