crédito, agropecuária. Dinheiro, financiamento, seguro, farming brasil, sf agro, taxas de juros

Plano Safra: começou hoje a liberação dos R$ 190,25 bilhões

Os produtores rurais já podem contar com os recursos do governo federal para financiar a próxima safra agrícola

A partir da segunda-feira (03/06), os produtores rurais já podem contar com os recursos do governo federal para financiar a próxima safra agrícola. No dia 7 de junho, foi anunciado o Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018, que vai disponibilizar R$ 190,25 bilhões para operações de custeio, comercialização e investimento. Segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do montante anunciado pelo presidente Michel Temer e pelo ministro Blairo Maggi, R$ 550 milhões são do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) e R$ 1,4 bilhão para apoio à comercialização.

 

Taxas de juros

O Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 reduziu em um ponto percentual ao ano as taxas de juros das linhas de custeio e de investimento e, de dois pontos percentuais ao ano, às dos programas voltados à armazenagem e à inovação tecnológica na agricultura. No crédito de custeio e de investimento, os juros caíram de 8,5% ao ano e 9,5% ao ano para 7,5% e 8,5%, à exceção do PCA e do Inovagro, nos quais a taxa foi fixada em 6,5% ao ano.

 

Crédito rural

O volume de crédito para custeio e comercialização é de R$ 150,25 bilhões, sendo R$ 116,25 bilhões com juros controlados e R$ 34 bilhões com juros livres. Segundo o Mapa, o montante para investimento saltou de R$ 34,05 bilhões para R$ 38,15 bilhões, com aumento de 12%. Leia também: Armazenagem: recursos do Plano Safra devem favorecer os investimentos.

 

Deixe seu comentário

Leia mais