Leite. produção de leite. leite industrializado. farming brasil
DATA: 11/08/2017

Paraná vai adotar novo programa para melhorar a qualidade do leite

O Senar vai capacitar os produtores para que eles melhorem em aspectos como nutrição, sanidade e genética SF Agro

O Sebrae apresentou na terça-feira (08/08), em Curitiba, proposta de parceria para que as usinas que participam do programa Leite das Crianças possam melhorar a qualidade do leite. A iniciativa faz parte das ações do projeto do Paraná dentro da Aliança Láctea Sul Brasileira, que reúne os três estados do Sul.

 

A adesão é voluntária e conta com o aval da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, que tem como foco tornar o Paraná o primeiro estado produtor de leite em qualidade. O secretário Norberto Ortigara afirmou a necessidade de produtores e usinas se conscientizarem da necessidade de investir no leite, tendo como objetivo a exportação.

 

Indicadores zootécnicos do leite

De acordo com comunicado do governo do estado, a proposta foi apresentada para representantes de 26 usinas fornecedoras do programa, que tem um cadastro com 39 usinas. O Sebrae tem R$ 350 mil para investir na parceria. Segundo a coordenadora Andreia Claudino, os recursos do Sebraetec cobririam cerca de 70% dos custos necessários para melhorar os indicadores zootécnicos do leite.

 

E as usinas devem participar com 30% dos custos. A proposta será executada em parceria com a Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH), que mantém um laboratório para avaliação. E também com o Senar, Emater, Ocepar e Faep.

 

Segundo Claudino, essa proposta é um piloto, que pode ser estendida para os demais setores, dependendo dos resultados. As usinas que aderirem assumem o compromisso de repassar as normas para melhoria da qualidade aos produtores parceiros. Os índices serão aferidos pelo laboratório da APCBRH que vão indicar o avanço ou não das ações.

 

Treinamentos

O Senar vai promover cursos e treinamentos com os produtores para que eles melhorem em aspectos como nutrição, sanidade e genética. “Enfim, tem espaço para a melhoria dos índices zootécnicos que podem contribuir para elevar a renda para os produtores a partir dos avanços em qualidade do leite”, disse a representante do Sebrae.

 

Adesão dos produtores

Norberto Ortigara disse que esse piloto, que depende da adesão e do envolvimento de produtores, faz parte de um projeto maior para tornar o Paraná um grande produtor com qualidade, para exportação. O estado produz hoje 4,8 bilhões de litros de leite por ano e movimenta um faturamento bruto de R$ 6 bilhões em Valor Bruto da Produção.

 

Segundo Ortigara, o próximo levantamento sobre produção de leite no País a ser divulgado em breve pelo IBGE deve consolidar o Paraná como o segundo maior produtor. “Avançamos bastante e vamos avançar ainda mais com as parcerias para o aperfeiçoamento dos processos de produção”, disse. Ele ressaltou a necessidade de gerar uma matéria-prima mais qualificada para a produção de maior valor agregado, que é o que vai permitir os avanços e evolução na atividade, avisou.

 

O representante da Faep/Senar, Ronei Volpi, disse que os produtores e donos de laticínios devem participar desse projeto que representa uma grande oportunidade de avanço. “Precisamos arregaçar as mangas e trabalhar com gestão da propriedade, nutrição, saúde e genética dos animais”, afirmou. Para driblar as quedas nos preços do leite, ele incentivou os produtores a trabalharem com redução de custos.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.

Farming Brasil

A segunda edição da revista Farming Brasil foi lançada com mais de 100 páginas de conteúdo agronômico. Na reportagem de capa, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas de milho por hectare.

As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda. Para adquirir a revista, entre em contato conosco (a revista custa R$ 14,90 + frete de R$ 6,50. Clique aqui para enviar o seu pedido).

 

 

Revista Successful Farming Brasil

Revista Farming Brasil

A primeira edição aborda os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A equipe de reportagem ouviu produtores de Norte a Sul do Brasil e coletou os melhores depoimentos que ensinam a ter sucesso na implantação desses sistemas.

Em outra reportagem exclusiva, sojicultores contam os segredos de manejo nas lavouras de soja que garantiram produtividade acima de 100 sacas por hectare. Há também reportagens sobre o manejo de pragas com produtos biológicos, soluções para evitar a compactação de solo, como o uso de drones avança no campo, entre outros temas. Para adquirir a revista (R$ 14,90 + frete de R$ 6,50), clique aqui para enviar o seu pedido.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais