Foto ilustrativa Maracujá BRS Pérola
DATA: 05/02/2016

Novo cultivar de maracujá é apresentada em Santa Catarina

Este cultivar já foi testado e aprovado pelos produtores de maracujá do Sul do Estado

A Estação Experimental da Epagri de Urussanga apresentou, na quarta-feira (03/02), em Jacinto Machado, o novo cultivar de maracujá, registrado recentemente, ‘SCS 437 Catarina’. Este cultivar já foi testado e aprovado pelos produtores de maracujá do Sul do Estado.

 

No dia 3, dentro do Campo Demonstrativo da Cooperja, em Jacinto Machado, os agricultores poderão observar um cultivar visualmente mais bonito do que os demais que estão sendo plantados no Sul do Estado. É também um cultivar precoce, alcançando assim melhor preço no mercado no início da safra, explica o pesquisador Henrique Petry. A partir do mês de abril, estarão disponíveis para viveiristas e produtores de maracujá sementes básicas do ‘SCS 437 Catarina’ para a implantação dos seus matrizeiros.

 

A colheita da safra do maracujá ocorre durante os meses de verão e outono. Mesmo em um ano desfavorável como este, no início da safra já é possível perceber a superioridade do maracujá ‘Catarina’, em relação aos demais cultivares plantados na região Sul. Essa comparação visual poderá ser feita no Campo Demonstrativo da Cooperja, no dia 3 de fevereiro, em Jacinto Machado, informa Petry.

 

Outros dois dias de campo, em março e abril, estão programados para Sombrio e Treze de Maio, nas propriedades de agricultores que estão testando quatro cultivares de maracujá-azedo, incluindo o ‘Catarina’. Os experimentos deverão ser conduzidos por mais duas safras para a obtenção de dados representativos de produção e qualidade dos frutos, bem como a adaptação dos cultivares à região produtora, auxiliando o produtor na escolha dos cultivares a serem plantados. Em Jacinto Machado, Sombrio e Treze de Maio estão sendo avaliados o cultivar SCS 437 Catarina, BRS Gigante Amarelo, BRS Sol do Cerrado e BRS Rubi do Cerrado, todos de maracujá-azedo.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais