DATA: 08/01/2016

No Rio Grande do Sul, produtividade do milho pode crescer

No Rio Grande do Sul, a cultura vem apresentando excelente desenvolvimento e o tempo está favorável

No Rio Grande do Sul, a cultura do milho continua apresentando excelente desenvolvimento, com condições ideais de umidade para as lavouras, que estão em fase de enchimento de grãos (38%) e floração (20%). De acordo com a Emater/RS-Ascar , as plantações apresentam uma coloração verde intenso, o que indicam que as plantas permanecem sem deficiência hídrica ou nutricional, com expectativa de alto rendimento de grãos e a possibilidade de ultrapassar a estimativa inicial, o que vem se confirmando em algumas áreas já colhidas.

 

Os milharais não apresentam grandes problemas com pragas, mesmo com o ataque de lagarta do cartucho, que vem se intensificando nas lavouras do tarde. No que se refere ao milho para silagem, alguns agricultores estão enfrentando dificuldades para realizar a ensilagem. Por conta do excesso de umidade, em determinadas situações não é possível realizar o corte no melhor momento, fazendo com que lavouras ensiladas passem do ponto ideal e resultem em um produto de menor qualidade.

 

Soja

Em relação a soja, outro grão de verão, o desenvolvimento da cultura segue considerado bom, apesar de algumas lavouras terem sofrido com as pesadas chuvas dos últimos dias, deixando-as com stands desuniformes.

 

Os técnicos que acompanham as Unidades de Referência Técnica já identificaram a ferrugem em todas as regiões do Rio Grande do Sul, embora ainda em estágio inicial. A recomendação é de que os sojicultores tenham cautela na aplicação de fungicidas, para evitar desperdícios e possíveis aumentos de custos com aplicações desnecessárias.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.