DATA: 01/02/2016

Ministério repassa R$ 2,9 bilhões do Funcafé para bancos

Vinte e nove instituições financeiras contratadas são responsáveis pelas operações

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento repassou até a última sexta-feira (29/01) mais de R$ 2,9 bilhões às instituições financeiras que operam com Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).

 

Até o momento, as liberações para as 29 instituições financeiras contratadas pelo Funcafé totalizam R$ 868 milhões para a linha de financiamento de custeio, R$ 1,1 para estocagem, R$ 523 milhões para aquisição do café (FAC), R$ 122 milhões para capital de giro para indústrias de café solúvel, R$ 151 milhões para torrefação de café e R$ 184 milhões para as cooperativas de produção.

 

Contratações

Do total de R$ 4,136 bilhões aprovados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para o Funcafé, em junho de 2015, os bancos contrataram R$ 3,9 bilhões. Os contratos firmados em 2015 são para financiar operações de custeio (R$ 948 milhões), estocagem (R$ 1,4 bilhão), aquisição do café (FAC – R$ 709 milhões), capital de giro para indústrias de torrefação (R$ 290 milhões), de café solúvel (R$ 176 milhões) e cooperativas de produção (R$ 365 milhões).

 

O prazo para contratação das linhas de crédito para financiamentos de capital de giro para indústrias de torrefação e de café solúvel foi estendido para 29 de fevereiro deste ano, conforme Resolução CMN nº 4.451/2015.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais