DATA: 26/01/2016

Minas Gerais busca aumentar produção de uvas para sucos e vinhos finos

Em 2016, serão produzidas 45 mil mudas de Niágara Rosada, Niágara Branca, Bordo, Syrah, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Merlot

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), por meio do trabalho desenvolvido no Núcleo Tecnológico Uva e Vinho, em Caldas, no Sul do Estado, potencializa a produção de vinhos finos e espumantes de qualidade em Minas Gerais. Trabalhando em parceria com os produtores, a Epamig disponibiliza mudas de qualidade, tecnologias de manejo, suporte técnico capacitado e a infraestrutura de uma vinícola experimental para o processamento das uvas e a produção de vinhos.

 

No local, são produzidas mudas enxertadas de alta qualidade de uva, que são comercializadas para produtores de diversos Estados. “Vendemos nossas mudas para o Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, entre outros. A procura por uvas para produção de vinhos vem crescendo a cada ano, mas a demanda por uvas de mesa e de suco ainda é responsável pela maior parte das vendas”, diz o gerente do Campo Experimental da Epamig, Paulo Romão.

 

Produção de mudas em 2016

A expectativa de produção para 2016 é de 45 mil mudas, dos tipos Niágara Rosada, Niágara Branca, Bordo, Syrah, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Merlot. Comercializadas sempre no segundo semestre do ano, as mudas começam a ser plantadas entre os meses de novembro e dezembro. Elas são certificadas pelo Ministério da Agricultura (Mapa) e pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

 

O técnico em agropecuária do Campo Experimental de Caldas, Daniel Rodrigues, conta que o diferencial das mudas é que a Epamig utiliza a enxertia de mesa, técnica europeia usada pelos maiores países produtores de vinho. “A forma como produzimos a muda influencia diretamente sua qualidade. Existe todo um cuidado envolvido, com o modo de corte das plantas, que é feito por uma máquina,com o tamanho das estacas, a hidratação, enfim, tudo é observado. Utilizamos ainda uma parafina importada, que facilita que o enxerto brote”, conta.

 

Como encomendar as mudas

A Epamig em Caldas está em fase de encomendas das mudas. Os produtores interessados devem fazer suas reservas pelo telefone (35) 3735-1101.

 

Vinícola experimental

O Campo Experimental da Epamig em Caldas abriga a única adega enológica experimental do Sudeste do Brasil. Criada em 1936 e ligada ao Ministério da Agricultura, a unidade foi, ao lado das estações experimentais de Caxias do Sul (RS) e Jundiaí (SP), um dos três primeiros centros de pesquisa especializados em uva e vinho do país.

 

Os espumantes processados na vinícola experimental são feitos pelo tradicional método francês denominado Champenoise. Segundo a enóloga da Epamig, Isabela Peregrino, o processo de estabilização dos vinhos varia de acordo com o tipo desejado da bebida. “Temos capacidade para produzir vinho branco, tinto e espumante. Em geral, o processo leva um ano, desde o processamento da uva até o engarrafamento”, diz.

 

A vinícola, que completa 80 anos este ano, funciona como um teste final de desempenho da pesquisa do campo. O vinho produzido pela Epamig, dos tipos Bordo e Syrah, é comercializado no próprio Campo Experimental, com o rótulo da Empresa.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.