Mato Grosso prevê dobrar produção de milho até 2025

A cadeia produtiva de carnes deve crescer 72% no mesmo período, com aumento significativo nos setores de aves e suínos

O Mato Grosso estima mais que dobrar a produção de milho, com previsão de 38,53 milhões de toneladas do grão na safra 2024/2025. Para comparação, na safra 2013/2014, o Estado produziu 18,07 milhões de toneladas. A estimativa para a área plantada com milho é de que haja aumento de 85,8%, passando de 3,35 milhões de hectares para 6,22 milhões de hectares no período.

 

Os dados pertencem ao Agro MT Outlook 2025, levantamento divulgado pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) na última terça-feira (01/12). Somando o milho e a soja, a produção está estimada em 84,7 milhões de toneladas de grãos para 2025, contra 44,6 milhões registrados na safra 2013/2014, com variação de 90%.

 

Para a produção de algodão, o Mato Grosso prevê crescimento de 57,3%, de 2,38 milhões de toneladas na safra 2013/2014 para 3,75 milhões de toneladas na safra 2024/2025. A área destinada para a cultura deve aumentar 52,9%.

 

A cadeia produtiva de carnes do Estado também foi analisada. A estimativa é de que até 2025 o crescimento seja de 72% no comparativo entre as safras 2013/2014 e 2024/2025. Com a produção subindo de 2,1 milhões de toneladas para 3,5 milhões de toneladas. O aumento mais significativo está ligado aos setores de aves e suínos. A produção de carne bovina tem crescimento estimado em 46%, podendo chegar a 1,94 milhões de toneladas nos próximos anos.

 

A publicação menciona a possibilidade de o Estado ter novas agroindústrias até 2025.  Também foram citadas obras que podem melhorar a logística na região, como a duplicação da BR-163, a consolidação de portos do norte e a construção de ferrovias, todas com término previsto para os próximos anos.

 

O levantamento foi desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Acesse o conteúdo completo aqui.

 

 

Deixe seu comentário

Leia mais