Manual de registro de agroindústrias de produtos de origem animal

O trabalho foi desenvolvido pelos técnicos da Defesa Agropecuária, da secretaria estadual de Agricultura, em parceria com a Firjan

Um manual com o passo a passo para o registro de agroindústrias que produzem alimentos de origem animal no Estado do Rio de Janeiro, lançado na quarta-feira (02/03), durante reunião do Fórum de Agroindústria da Firjan, no centro do Rio, vai facilitar a vida daqueles que desejam regularizar seu empreendimento. Desenvolvida pelos técnicos da Defesa Agropecuária, da secretaria estadual de Agricultura, em parceria com a Firjan, o trabalho apresenta a legislação atualizada para o segmento.

 

De acordo com superintendente da Defesa Agropecuária, Paulo Henrique Moraes, o objetivo é divulgar as exigências para a regularização desses estabelecimentos, junto ao SIE (Serviço de Inspeção Estadual). Atualmente, são 433 agroindústrias com registro ativo, das quais 117, apoiadas pelo Programa Prosperar, para incentivo às agroindústrias de base familiar.

 

A parceria com a Firjan também permitiu a atualização de 30 técnicos do SIE em Boas Práticas de Fabricação para a Agroindústria e, para este ano, a previsão é de que sejam realizadas mais quatro capacitações incluindo o tema APPCC – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle.

 

O assessor de Projetos Especiais da Firjan, Ronaldo Martins, conta que em virtude da regulamentação do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI) está sendo revisada a legislação que trata do tema pelos governos Estadual e Federal, para a descentralização dos serviços de inspeção federal e ampliação da industrialização de produtos da agroindústria familiar, a cartilha tem edição limitada de mil exemplares.

 

Após a conclusão e modificações regulamentares da legislação o material terá versão atualizada. O manual pode ser acessado no site da secretaria estadual de Agricultura (clique aqui).

 

Deixe seu comentário