Colheitadeira.

Maior oferta e desvalorização do dólar pressionam os preços da soja

Negócios envolvendo o grão estiveram movimentados na semana passada, apesar de incertezas quanto à qualidade

A maior oferta de soja no Brasil e a desvalorização do dólar frente ao real seguem pressionando as cotações internas do grão. Segundo pesquisadores do Cepea, as quedas, no entanto, foram limitadas pelo aumento pontual da demanda doméstica e também pela alta dos valores na Bolsa de Chicago (CME Group), influenciada pelo clima desfavorável ao início do cultivo nos Estados Unidos.

 

Além disso, as estimativas de estoques e da área a ser cultivada com soja naquele país ficaram abaixo do aguardado pelo mercado, fatores que levaram traders a aumentar as aquisições. Os negócios envolvendo soja estiveram movimentados na semana passada no Brasil, apesar de incertezas quanto à qualidade da safra brasileira. A expectativa é que a liquidez seja ainda maior nas próximas semanas.

 

 

Deixe seu comentário

Leia mais