Com menor liquidez do mercado, preços do boi gordo sofrem queda

Desde o início de março, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo caiu 1,81%, fechando a R$ 153,11 nesta semana

A liquidez do mercado de boi gordo esteve ainda menor nos últimos dias em todas as praças consultadas pelo Cepea. Alegando principalmente dificuldade na venda de carne no mercado interno – os preços, no entanto, seguem firmes no atacado da Grande SP –, alguns frigoríficos passaram a ofertar valores significativamente menores que os vigentes na virada do mês. Além disso, algumas unidades diminuíram os abates, havendo caso, inclusive, de férias coletivas.

 

Essa pressão compradora, no entanto, esbarra na forte resistência de pecuaristas. Com a possibilidade de deixar o boi no pasto e atentos à oferta abaixo da demanda, vendedores optam por postergar os negócios. Nesse contexto, as variações negativas observadas nos últimos dias decorrem mais do afastamento de operadores (compradores e vendedores) do mercado do que propriamente da diminuição dos patamares de preços negociados. Desde o início de março, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo caiu 1,81%, fechando a R$ 153,11 nessa quarta-feira (09/03).

 

Deixe seu comentário

Leia mais