Lentidão nos negócios dificulta a reposição de bovinos no Paraná

É possível comprar 1,23 boi magro com a venda de um boi gordo no estado, enquanto no ano passado esta relação era de 1,29

No mercado de reposição no Paraná, os negócios têm acontecido em um ritmo mais lento, o que não é comum para este período do ano, já que os pastos estão em boas condições e estimulam o recriador/invernista a repor os animais.

 

Embora as cotações venham subindo nos últimos meses, há lentidão nos negócios, de acordo com a Scot Consultoria. Com a proximidade da época de desmama, aumentou o volume de negócios com esta categoria. Considerando as categorias de machos anelorados a valorização no último ano foi de 12,3%, com destaque ao boi magro (12@), que subiu 14,1% no período.

 

O boi gordo, no entanto, subiu menos, 8,3% em média no último ano, o que diminuiu o poder de compra do pecuarista. “Hoje é possível comprar 1,23 boi magro com a venda de um boi gordo no estado. No mesmo período do ano passado esta relação era de 1,29”, diz a Scot Consultoria.

 

Deixe seu comentário