JBS opera nova frota de caminhões que garante o bem-estar animal

Novas carretas promovem um manejo mais tranquilo da boiada, garantem a qualidade da carne e poluem menos o meio ambiente

A JBS lidera um projeto inédito no mercado brasileiro e acaba de lançar um modelo de caminhão totalmente desenvolvido para garantir o bem-estar animal, com mais espaço e qualidade para transporte de gado. A frota é operada pela JBS Transportadora, empresa do grupo que presta serviços de transporte de animais e produtos, que atende à demanda da JBS, assim como de empresas parceiras.

 

A carreta foi desenvolvida para ser o mais confortável possível para os animais, com altura interna mais adequada, divisórias internas sem pontas e um elevador hidráulico, que torna a entrada e saída dos animais mais organizada e proporciona um manejo tranquilo da boiada.

 

“A JBS tem o compromisso com a produção ética, justa e sustentável, e exigimos dos nossos colaboradores e parceiros o zelo pelo bem-estar dos animais. Também contamos com uma Política de Bem-Estar Animal, exercida em todas as unidades da companhia, o que garante aos consumidores uma carne saudável e produzida a partir de animais que foram tratados com respeito e sem sofrimento”, explica Everton Andrade, coordenador corporativo de Bem-Estar Animal da JBS.

 

Vinte e três novos caminhões já foram recebidos pela JBS, de uma encomenda de 100 veículos, que serão entregues nos próximos meses. A nova frota já está em operação em sete unidades de abate: Ituiutaba (MG), Naviraí (MS), Barra dos Garças, Araputanga e Pontes e Lacerda (MT), Goiânia e Mozarlândia (GO). “As carretas comportam 54 animais, 14 a mais do que as antigas, o que representa um aumento de 35% na produtividade. Aos poucos, elas substituirão parte da frota antiga”, explica Ricardo Gelain, diretor da JBS Transportadora. O aumento na ocupação da carreta também gera uma economia de 46 mil litros de diesel por mês para empresa.

 

Além dos benefícios para os animais, a cadeia produtiva também ganha ao reduzir o índice de lesões e contusões, o que garante um melhor aproveitamento da carcaça e a qualidade da carne levada ao consumidor. Outro benefício proporcionado pela nova frota é a redução das emissões de gás carbônico na atmosfera, pois os caminhões são equipados com o composto químico Arla 32.

 

Deixe seu comentário

Leia mais