DATA: 06/11/2015

Início do mês embala alta da carne bovina

Em relação a novembro do ano passado, a valorização foi de 17,1% no atacado

Nos últimos sete dias os cortes valorizaram 0,5%, segundo levantamento da Scot Consultoria, fato que foi possível devido à melhora na movimentação das vendas com o início do mês. A reposição de estoque do varejo ocorreu mais tarde desta vez, já que comumente ocorreria na última semana de outubro. O consumo continua regular, o que limita as altas de preços.

 

Por outro lado, o recente aumento da ociosidade dos frigoríficos faz com que o volume de carne disponível no mercado esteja no mesmo ritmo da atual situação de consumo. Em relação a novembro do ano passado, a carne bovina teve valorização de 17,1% no atacado.

 

As exportações melhoraram em outubro e colaboraram com o escoamento da produção e com a firmeza dos preços. Foram embarcadas diariamente 5,17 mil toneladas de carne bovina in natura, incremento de 13,1% frente ao volume exportado diariamente em setembro e de 4,9% em relação aos embarques diários de outubro de 2014. Em curto prazo é esperado que o movimento de alta perca força, no entanto, quedas de preços estão limitadas devido à oferta reduzida e às altas da arroba do boi gordo.

 

Com informações da Scot Consultoria.


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.