Bovino. material genético. pecuária. farming brasil. sf agro
DATA: 03/03/2016

Há dificuldade para escoar carne bovina no atacado em São Paulo

Em Barretos (SP) e Araçatuba (SP), a arroba do macho terminado ficou cotada em R$ 155,00 e R$ 156,00, à vista, respectivamente

O mercado do boi gordo está firme em São Paulo. Apesar das programações de abate das indústrias não estarem alongadas, atendendo em torno de três a quatro dias, há relutância na alteração nos valores pagos pela arroba do boi gordo. Isso porque mesmo com a baixa oferta de boiadas, o fraco escoamento de carne no atacado exerce pressão para que as indústrias não alonguem as programações de abate.

 

Nas praças de Barretos (SP) e Araçatuba (SP), a arroba do macho terminado ficou cotada em R$ 155,00 e R$ 156,00, à vista, respectivamente (02/03), segundo levantamento da Scot Consultoria. Para os próximos dias é esperada melhora na oferta de boiadas, com o aumento da disponibilidade de animais de pasto, o que pode melhorar o cenário para as indústrias. Contudo, já que alguns produtores podem reter a boiada, esperando preços melhores pela arroba do boi gordo, o acréscimo de oferta pode ser sutil.

 

Algumas indústrias em Mato Grosso do Sul e em Goiás começam a testar o mercado pagando valores abaixo da referência, na expectativa de melhorar a margem de comercialização, que está em 14,7% considerando a carne sem osso.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais