Governo de São Paulo elege os melhores cafeicultores do Estado

A premiação anual tem por objetivo incentivar os cafeicultores paulistas a produzirem cafés de melhor qualidade

O governador Geraldo Alckmin entregou, nesta quinta-feira (17/12), certificados aos melhores produtores de café do Estado de São Paulo, durante a 13ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo – Safra 2015, realizada no Palácio dos Bandeirantes. “Nosso País é o maior produtor e exportador de café do mundo”, disse o governador. “São Paulo se orgulha da qualidade de seu café.”

 

A escolha dos melhores cafés produzidos no Estado é realizada anualmente e impulsiona o produtor a aperfeiçoar a qualidade do café cultivado. Ao promover iniciativas para valorizar a produção do café paulista, o Governo reconhece a grande contribuição da cafeicultura para a economia do Estado.

 

Os três vencedores foram a empresa Santa Jucy Agroindustrial, de Cássia dos Coqueiros, na categoria Cereja Descascado, cuja secagem é feita sem casca; o produtor Paulo Rogério Marchi – Sítio Santa Rosa, de Serra Negra, na categoria Café Natural, secagem com casca; e o produtor Rafael Giolo – Fazenda Olho d’Água, de Pedregulho, na categoria Micro Lote.

 

Café Solidário

No evento, o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo recebeu 210 quilos do “Café Solidário”, separado em 840 pacotes de 250 gramas, que será doado para entidades assistenciais atendidas pelo Fundo. O “Café Solidário” foi produzido com os grãos colhidos no cafezal do Instituto Biológico, da Secretaria de Agricultura.

 

Promovida pela Câmara Setorial do Café e Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios, da Secretaria, a 13ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo teve o apoio do Sindicato das Indústrias do Café de São Paulo (Sindicafé), da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), do Museu do Café e da Associação Comercial de Santos (ACS).

 

Deixe seu comentário

Leia mais