Frango.

Gestão compartilhada reduz custos de operação da Korin em 25%

A empresa planeja atrair players para criar o primeiro operador logístico do segmento orgânico

A Korin Agropecuária, pioneira na produção de frangos e ovos livres de antibióticos e com certificação de bem-estar animal, comemora os resultados do projeto de logística compartilhada, iniciado em 2014. Em apenas dois anos, a iniciativa reduziu o impacto dos gastos com transporte em 25%.

 

O processo foi implantado quando a empresa adaptou os veículos de distribuição com uma divisória térmica onde poderia conciliar sua carga seca e congelada no mesmo caminhão. Antes, o destinatário recebia duas entregas de produtos em horários diferentes. Hoje, a carga é entregue de uma só vez. Este modelo gerou uma economia de 30% desde sua implantação.

 

Expansão do projeto

Com o sucesso da primeira fase, a empresa passou a integrar a logística trazendo novos players para o projeto. Atualmente, são 5 empresas, sendo 2 produtoras de alimentos orgânicos e 3 transportadoras. Este molde abrange o compartilhamento de cargas de empresas distintas no mesmo caminhão, gerando economia e menos poluição do ar. “A iniciativa trouxe ganhos para todos. Reduzimos nossos custos de transporte em 25% e as transportadoras tiveram um aumento de 30% nos lucros, já que começaram a atender novos clientes”, diz Diego Del Valhe, gerente de logística da Korin.

 

A empresa planeja atrair players para criar o primeiro operador logístico do segmento orgânico, reforçando a filosofia da Korin de que o conceito de Agricultura Natural e Sustentável precisa estar presente em todas as etapas do processo, além de estabelecer uma nova concepção de qualidade e nível de execução na proteção de serviços logísticos. “Para 2016 queremos adaptar nossa frota para avançarmos para a fase 3, com a logística reversa das embalagens que serão direcionadas para cooperativas de reciclagem. Em parceria com alguns clientes queremos criar uma certificação de logística Verde e amiga do meio ambiente”, diz Del Valhe.

 

A Korin centraliza 100% de suas atividades (congelado/ resfriado e seco) em um CD situado em São Bernardo do Campo (SP) com capacidade para 700 toneladas de armazenagem. Os produtos são distribuídos em 26 dos 27 estados Brasileiros por meio de parceiros logísticos.

 

Deixe seu comentário

Leia mais