DATA: 28/02/2016

Fazenda de turismo rural investe na própria marca de chocolate

A propriedade Yrerê, em Ilhéus, é case de sucesso em seu segmento

O casal Gerson Marques e Dadá Galdino é proprietário da Fazenda Yrerê, na zona rural de Ilhéus, no Sul da Bahia. Integrada ao projeto do Sebrae Indústria Setorial Ilhéus – Derivados de Cacau, a propriedade é um case de sucesso no segmento do Turismo Rural. Na sede, os visitantes, a maioria de estrangeiros, são recepcionados pelos donos e por trabalhadores rurais. Em três horas, conhecem a história e o funcionamento da fazenda, degustam pratos típicos, ouvem ‘causos’ locais dos antigos coronéis de cacau e ainda visitam o maior orquidário da região.

 

Em fevereiro, os empresários lançam um novo produto para agregar valor a sua produção de cacau e oferecer mais um atrativo aos turistas: uma marca própria de chocolates finos feitos com amêndoas selecionadas e teor de 54% e 70% de cacau puro. O chocolate será produzido em parceria com o Instituto Cabruca e as primeiras unidades serão em barras de 80g e bombons de 12g.

 

Gerson Marques destaca que os chocolates de origem do Sul da Bahia estão ganhando reconhecimento mundial e se tornando um bom e lucrativo negócio. “Os turistas antes chegavam perguntado por novelas. Hoje, a procura é por chocolates e vamos tê-los em nossa linha de produtos”, afirma.

 

A nova fase dos negócios também conta com o apoio do Sebrae, segundo o empresário. “Teremos uma consultoria para desenvolvimento do produto, envolvendo aspectos administrativos, financeiros e de marketing para a evolução da marca”. O gestor do projeto Derivados do Cacau, Eduardo Andrade, destaca ainda que os empresários da Yrerê “conhecem bem o potencial do turismo rural e vivenciam a parceria com o Sebrae de forma criativa”. De acordo com Dadá Galdino, “a nossa proposta é oferecer aos visitantes uma experiência única, provocando e estimulando seus sentidos, através da visão, paladar, olfato e audição em uma viagem diferente, uma experiência que vale para a vida inteira”.

 

Derivados de cacau

O projeto Indústria Setorial Ilhéus – Derivados de Cacau atende a 40 micro e pequenas empresas do Sul da Bahia com ações subsidiadas em até 80% para suporte de gestão, tecnologia e mercado. O planejamento até 2018 apresentará, entre outros resultados, uma receita acumulada de R$ 1,8 milhão envolvendo os pequenos negócios na região.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.