Faea busca reduzir carga tributária de Insumos agropecuários no Amazonas

Os insumos, como adubos, fertilizantes e máquinas agrícolas são caros no Estado

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (FAEA) Muni Lourenço, participou na segunda-feira (18/01), de uma reunião na Secretária do Estado de Produção Rural do Amazonas (Sepror), onde foi apresentada a proposta da redução da carga tributária estadual incidente sobre os insumos agropecuários, de modo a possibilitar maior competitividade para a produção rural amazonense.

 

Estavam presentes o tributarista Ubaldino Meireles Neto, o secretário Sidney Leite, o assessor Marcos Pinheiro, o diretor técnico do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (IDAM), Airton Schneider e o secretário executivo da SEPROR Valdenor Cardoso.

 

“Nós estamos confiantes no avanço desta proposta junto ao governo do Estado, para que tenhamos redução do custo de produção na atividade rural no Amazonas. Os insumos, como adubos, fertilizantes e máquinas agrícolas chegam muito caro ao nosso Estado e a redução da carga tributária será fundamental para termos um valor menor para a classe rural” afirma o presidente.

 

Deixe seu comentário

Leia mais