Exportações do boi gordo tiveram alta no último mês

Já o ritmo dos negócios permanece lento neste início de ano

O ritmo dos negócios envolvendo o boi gordo permanece de forma lenta neste início de mês. Mesmo com a baixa liquidez, os preços têm se mostrado relativamente firmes. Na quarta-feira (06/01), o Indicador Esalq/BM&FBovespa do boi gordo (Estado de São Paulo) fechou a R$ 148,51, pequena queda de 0,41% na parcial deste mês.

 

Segundo informa o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), quanto às exportações brasileiras de carne bovina in natura, estas somaram 104 mil toneladas em dezembro, crescimento de 4,2% frente ao mês anterior, mas 4,4% inferior ao de dezembro de 2014.

 

“No balanço do ano, as vendas acumularam 1,08 milhão de toneladas, 11,5% abaixo da quantidade registrada em 2014. Considerando-se os 12 meses de 2015, somente em outubro e dezembro os embarques superaram 100 mil toneladas”, diz o Cepea.

 

Deixe seu comentário

Leia mais