Suínos

Exportações de suínos em bom ritmo ajudam a escoar produção

Nas granjas paulistas, o animal terminado permaneceu estável na semana, cotado, em média, em R$66,00/@.

Depois de um início de mês de demanda mais firme, o mercado de suínos esfriou. Nas granjas paulistas, o animal terminado permaneceu estável na semana, cotado, em média, em R$66,00/@.

 

No atacado, os preços também se mantiveram nas mesmas bases observadas há uma semana. A carcaça especial segue negociada por R$5,20/kg. Os compradores não querem acumular estoques, pois com a entrada da segunda quinzena do mês as perspectivas são de vendas em menores volumes. Sendo assim, os frigoríficos procuram ajustar a produção, fazendo o possível para segurar os preços.

 

As exportações brasileiras de carne in natura continuam em bom ritmo neste início de março, colaborando para o escoamento da produção. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a média diária embarcada nos nove primeiros dias úteis foi de 2,7 mil toneladas.

 

Na comparação com a média embarcada por dia no mês anterior houve incremento de 15,9%. Na comparação com igual período do ano passado o acréscimo foi de 92,0%. Para os próximos dias, o consumo interno deve reduzir, e os preços tendem a ceder.

 

Deixe seu comentário

Leia mais