Frango
DATA: 06/01/2017

Exportações de carne de frango devem favorecer a avicultura brasileira

Segundo o Cepea, o planejamento de alojamento será fundamental para a manutenção dos preços firmes registrados em 2016 Por SF Agro (contato@sfarming.com.br)

Em 2017, as exportações de carne de frango devem melhorar os resultados da avicultura brasileira. Segundo pesquisadores do Cepea, os recentes casos de influenza aviária em vários países da Europa e da Ásia tendem a redirecionar a procura para fornecedores com melhor status sanitário, como o Brasil. No mercado doméstico, a lenta recuperação da economia deve seguir limitando a demanda do consumidor.

 

Por outro lado, as vendas de carne de frango podem ser favorecidas, já que é mais em conta que a bovina e a suína. Assim, o segmento produtivo deve continuar em posição relativamente mais conservadora, controlando a oferta e atenta aos comportamentos das demandas interna e externa para definir com assertividade os ajustes no número de aves alojadas. O planejamento adequado de alojamento será determinante para a manutenção dos preços firmes registrados no ano passado.

 

Leia mais:

Percevejo da soja: 7 fatos para tratar a praga que prejudica as plantações

Piscicultura: tecnologia com bioflocos permite reúso de água por três anos

O sonho da pulverização de precisão se tornou realidade

Cientistas desenvolvem metodologia inédita para controlar a mosca branca

Vai faltar água nas lavouras brasileiras?

8 tecnologias para controlar a ferrugem asiática na safra de soja 2016/17

Adesivo detecta o cio das vacas e pode melhorar os índices reprodutivos

7 dicas para ter sucesso na plantação de tomate cereja

Lagarta-do-cartucho: 9 fatos para combater a pior praga do milho

Clima favorece o desenvolvimento da ferrugem asiática

 

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

O que você gostaria de ler? Para pedir uma reportagem, clique aqui e envie uma mensagem para a redação da Successful Farming Brasil.

 

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.