Exportações de carne bovina registraram crescimento de 13,4% em agosto

Comparado com agosto de 2016, o último mês apresentou crescimento de 34% tanto em volume quanto em faturamento

As exportações brasileiras de carne bovina registraram o melhor resultado do ano, com aumento do volume embarcado em 13,4% em agosto, na comparação com julho, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC). No período, foram exportadas 145.822 toneladas do produto, o que gerou um faturamento de mais de US$ 607 milhões, valor 12,8% maior do que o faturado no mês anterior.

 

Comparando com agosto de 2016, o último mês apresentou crescimento de 34% tanto em volume quanto em faturamento nas exportações totais de carne bovina. Além disso, o resultado registrado representa o melhor desempenho desde outubro de 2013, em volume, e dezembro de 2014, em faturamento.

 

Principais destinos

Hong Kong continua sendo o principal importador da carne bovina brasileira, responsável pela compra de 34.540 toneladas (7,4% a mais do que foi comercializado em julho), seguido por Egito, que importou 23.070 toneladas (aumento de 27,8%), e China, com 18.565 toneladas (alta de 15,1%).

 

Desempenho por categoria

Em agosto, a carne in natura se manteve como categoria mais exportada, seguida por miúdos e industrializadas. Sua comercialização para outros países gerou um faturamento de mais de US$ 520 milhões, com embarque maior que 123 mil toneladas, o que representa um aumento de 16% em volume e 15% em receita. Comparando o resultado de agosto de 2017 com o mesmo período de 2016, a exportação de carne bovina in natura cresceu 48,6% em faturamento e 49,6% em volume exportado.

 

Desempenho por estado

São Paulo é historicamente o estado que mais exporta carne bovina no Brasil, mas desde julho, Mato Grosso se destaca como o exportador de maiores volumes. Em agosto, 20% da carne exportada pelo país teve o Mato Grosso como origem. As 29.600 toneladas embarcadas no mês representam um aumento de 50,4% sobre o resultado de agosto de 2016 e 11,4% sobre o desempenho de julho de 2017. A Abiec informou em comunicado que se destacam como compradores da carne do Mato Grosso Hong Kong, Irã, Egito e União Europeia, que juntos representaram 77% das exportações do Estado.

 

Conheça a revista Farming Brasil!

Farming Brasil. Ano 1, edição 3.
Farming Brasil. Ano 1, edição 3.

A terceira edição da revista Farming Brasil tem reportagem de capa sobre a plantabilidade da soja, com um dossiê completo para avaliar o solo, regular as plantadeiras, capacitar o operador da máquina e plantar com qualidade.

A revista conta também com um robusto especial sobre pecuária. A terceira edição apresenta tecnologias para as máquinas agrícolas, como os pneus radiais e as esteiras de borracha para colheitadeiras de grãos, sistemas de irrigação, tecnologia de aplicação de fertilizantes a taxa variável, energia solar e muito mais! Para adquirir a revista (R$ 14,90 + frete de R$ 6,50), clique aqui para enviar o seu pedido.

 

Revista Farming Brasil. Ano 1, edição 2.
Farming Brasil
Revista Successful Farming Brasil
Revista Farming Brasil

Na reportagem de capa da segunda edição, produtores revelam os detalhes do manejo de sucesso que garantiram uma colheita de 290 sacas de milho por hectare. As reportagens contam como melhorar a gestão de insumos, apresentam técnicas de manejo, novidades no mercado de maquinário agrícola e dicas preciosas para ajudar o agricultor e o pecuarista a lucrar mais na fazenda.

A primeira edição aborda os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. A equipe de reportagem ouviu produtores de Norte a Sul do Brasil e coletou os melhores depoimentos que ensinam a ter sucesso na implantação desses sistemas.

Cadastre-se para receber notícias gratuitamente da Farming Brasil por e-mail: sfagro.com.br/cadastro

Qual é a sua dúvida agronômica? Para pedir uma reportagem ao site SF Agro, clique aqui e envie uma mensagem para a equipe de jornalistas.

Deixe seu comentário

Leia mais