DATA: 24/02/2016

Exportação de ovos cresce, mas ainda é inferior à de janeiro de 2015

Embarques aquecidos ajudam a enxugar a oferta doméstica, cenário que mantém os preços firmes

As exportações de ovos subiram 25% em janeiro deste ano, na comparação com o mês anterior, somando 92,8 mil caixas de ovos in natura. Porém, em relação a janeiro de 2015, o volume embarcado foi 26% menor. Vale lembrar que as exportações subiram 58% no acumulado do ano passado, quando foram embarcadas 771,3 mil caixas, segundo dados da Secex.

 

Em janeiro de 2016, as vendas externas geraram US$ 2,2 milhões, montante 14% superior ao obtido em dezembro de 2015, mas 31% menor que o de janeiro do ano anterior. “As exportações aquecidas ajudam a enxugar a oferta doméstica, cenário que mantém os preços dos ovos firmes nesta segunda quinzena de fevereiro”, afirma o Cepea.

 

Com o farelo de soja e o milho em patamares elevados, diversos avicultores desaceleram a produção para conter custos. Porém, alguns compradores, principalmente de São Paulo, reclamam das dificuldades no repasse dos valores para o varejo, o que limitou novas altas no preço ao produtor.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais