Escassez de animais terminados ainda limita mercado futuro do boi gordo

Mercado futuro do boi gordo acumulou perdas nos contratos dos dias 31 de março a 06 de abril

O mercado futuro do boi gordo acumulou perdas nos contratos dos dias 31 de março a 06 de abril. Os futuros do boi gordo foram pressionados por movimentos de liquidação de posição e realização de lucro. A escassez de animais terminados ainda é limitante, e o lento consumo doméstico neutraliza a demanda por lotes para abate.

 

De acordo com a consultoria Informa Economics FNP, o contrato com vencimento em Abr/16 encerrou o pregão do dia 06 negociado a R$157,50/@, com queda de 0,79%. O contrato de Mai/16 encerrou a R$ 155,44/@, com maior desvalorização semanal, em 1,54%. O contrato Ago/16 fechou a R$ 157,51/@, com queda de 1,21%. O contrato de Out/16 encerrou o pregão a R$ 163,44/@, também com recuo semanal de 1,21%. O contrato de Nov/16 fechou em R$ 163,77/@, com baixa de 1,08% no acumulada da semana.

 

O dólar fechou o dia 06 cotado a R$ 3,6453. Com alta de 1,36% na semana, a moeda ficou abaixo de R$ 3,70 em função de incertezas político-econômicas e a cena externa. O indicador do boi ESALQ/BM&F apresentou modesto recuo de 0,02% e fechou cotado a R$157,95 no dia 06.

 

Deixe seu comentário

Leia mais