DATA: 17/02/2016

Epagri recebe equipamento para apoiar pesquisas com arroz

No Brasil, somente algumas unidades públicas e privadas de pesquisa têm a colheitadeira

O arroz é uma das principais cadeias produtivas de Santa Catarina. Na safra 2014/2015 o Estado produziu cerca de 1,09 milhões de toneladas do cereal, confirmando-se como o segundo maior produtor do País. Muito desse resultado se deve às pesquisas desenvolvidas pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI). Para fomentar ainda mais esse desenvolvimento tecnológico, a Epagri recebe nesta quarta-feira (17/02) uma colheitadeira de parcela de arroz, equipamento de ponta que vai facilitar e qualificar ainda mais o trabalho desenvolvido na EEI.

 

José Alberto Noldin, gerente da EEI, conta que o novo equipamento vai permitir colher pequenas áreas de arroz (de 2 a 3 metros quadrados). Imediatamente, a colheitadeira lança as medidas de peso e umidade em uma planilha eletrônica, agilizando e qualificando o trabalho de pesquisa. O equipamento vai permitir a redução na demanda por mão de obra dentro da EEI.

 

No Brasil, somente algumas unidades públicas e privadas de pesquisa têm o equipamento, que não serve para o agricultor. A colheitadeira que vem para a Epagri foi importada da Áustria com recursos do PAC Embrapa e atende a uma solicitação antiga dos pesquisadores. O investimento foi de R$ 900 mil.

 

A entrega da colheitadeira acontece durante o XXI Dia de campo, visita da pesquisa em arroz irrigado da EEI. O evento deve reunir entre 200 e 300 pessoas de toda a cadeia produtiva do cereal em SC (agricultores, técnicos, indústrias etc). Entre as 9h e 11h acontecem as visitas a campo, quando serão esclarecidas as dúvidas sobre o manejo e controle de doenças, pragas e plantas daninhas, manejo do SCS121 CL no sistema Clearfield e adubação da lavoura. A partir das 11h tem início a cerimônia de entrega do novo equipamento, que vai contar com autoridades estaduais, regionais e municipais.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais