DATA: 04/11/2015

Empresas de frutas buscam relações comerciais com a União Européia

Delegação participou da Feira Internacional de Frutas e Legumes para mostrar qualidade e segurança da fruticultura brasileira

O Brasil atualmente é o terceiro maior produtor de frutas do mundo, cuja produção consegue suprir quase integralmente o mercado interno. No entanto, as exportações ainda são relativamente pequenas. Em 2014, o faturamento do setor foi de US$ 650 milhões de dólares, tornando o país o 15º no ranking das exportações mundiais de frutas. Como forma de abrir novos mercados aos produtores, mostrar a qualidade e segurança das frutas brasileiras, 11 empresas, e várias entidades brasileiras, entre elas a Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), participaram da Feira Internacional de Frutas e Legumes (Fruit Attraction 2015), que ocorreu entre os dias 28 e 30 de outubro, em Madri, Espanha.

 

O evento, que é uma das principais feiras internacionais do setor de frutas, contou com a participação de aproximadamente mil companhias produtoras de frutas de 25 países. A Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), principal entidade representante dos exportadores de fruta no país, foi responsável por coordenar a participação das 11 empresas brasileiras, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e a CNA. As três entidades assinaram em 2014 uma parceria para a promoção de frutas no mercado externo.

 

Segundo o assessor técnico da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA, Eduardo Brandão, a delegação brasileira tinha o propósito de expandir os negócios com outros mercados, principalmente com o europeu. O assessor acrescentou que foi montada na feira um estande do Brasil, um dos mais visitados no primeiro dia de evento, com a apresentação e degustação de várias frutas comercializadas com a Europa, os Estados Unidos, além de países da África e da Ásia, tais como: melão, mamão e melancia. O embaixador do Brasil na Espanha, Antônio Simões, e o vice-presidente da CNA, José Álvares Vieira, visitaram o local e se reuniram com diretores da Abrafrutas.

 

No 2º dia de feira, a marca “Frutas do Brasil”, criada pela Abrafrutas para fortalecer a exportação de frutas frescas brasileiras, foi lançada durante um coquetel. O presidente da Associação, Luiz Roberto Barcelos, comentou a importância do evento: “O solo fértil e nossos aspectos climáticos nos fazem um dos países mais propícios do mundo para fruticultura. Temos frutas doces e saborosas nos 12 meses do ano e esse tipo de evento sempre é uma oportunidade de levarmos esses produtos para cada vez mais mercados”, frisou. Atualmente, os produtores associados da Abrafrutas são responsáveis por aproximadamente 90% das exportações de frutas frescas brasileiras, que chegam a mais de 70 países de todos os continentes, principalmente da Europa.

 

Com informações da CNA.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais