mudas
DATA: 19/02/2016

Empaer e Ação Verde vão produzir 100 mil mudas de espécies nativas

Em 2015 foram doadas 60 mil mudas, este ano a Empaer realiza um cadastramento para a doação

O viveiro de mudas da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), em parceria com o Instituto Ação Verde, vai produzir este ano mais de 100 mil mudas de espécies nativas com a finalidade de recuperar áreas degradadas e matas ciliares às margens do Rio Cuiabá. O viveiro está localizado em Várzea Grande em uma área de 18 mil metros quadrados onde são multiplicadas 35 espécies. Até o final de 2016 serão mais de 70 variedades de diferentes plantas.

 

Segundo o coordenador do viveiro, Antônio Rocha Vital, no ano de 2015 foram doadas 60 mil mudas para 224 pessoas, entre produtores rurais e instituições públicas e privadas, que realizaram o plantio para arborização urbana, reflorestamento de áreas degradas e recuperação de matas ciliares. Entre as espécies mais cultivadas estão: ipê (roxo, amarelo, rosa e branco), aroeira, gonçaleiro, jacarandá, buriti, entre outras.

 

E o trabalho não restringe à produção de mudas. São repassadas orientações sobre os cuidados com o meio rural e a preservação, os cuidados na produção e escolha correta da muda ou semente, preparo da terra, plantio, irrigação e evolução da planta, ou seja, é oferecido um serviço de assistência técnica para produção de mudas.

 

O superintendente do Instituto Ação Verde, Vicente Falcão Filho, afirma que a parceria com a Empaer valoriza a produção de mudas e o cuidado de uso, ou seja, auxilia na recomendação de mudas corretas para o plantio em determinadas áreas. “É necessário ter cuidado com o plantio de mudas próximo a redes de energia elétrica. As árvores crescem e podem causar problemas na fiação e até um acidente grave”.

 

Vicente Falcão esclarece que a instituição está realizando um cadastramento para a doação das mudas de espécies nativas para empresas, produtores rurais e outros interessados. Ele explica ainda que, em busca de resultados, toda planta que sai do viveiro tem um acompanhamento efetivo, desde a entrega até o plantio.

 

Técnico agropecuário da Empaer e responsável pela multiplicação das mudas, Roberto Arcanjo lembra que o plantio de semente acontece durante o ano todo e que para produzir mudas são necessários alguns cuidados, como a escolha correta da semente. Segundo ele, também são produzidas mudas de espécies nativas e frutíferas como tamarindo, caju, jenipapo, amora e outras. “O viveiro de mudas nativas está expandindo a quantidade de variedades. Até o final do ano serão 70 espécies diferentes de plantas”.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.