Emater vai incentivar o manejo de bacurizeiros nativos no Pará

O projeto-piloto é uma área com cerca de duas mil plantas em cinco hectares na propriedade de cinco famílias

O escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em Limoeiro do Ajuru, no nordeste do Pará, está iniciando um trabalho com manejo de bacurizeiros nativos.

 

O projeto-piloto é uma área com cerca de duas mil plantas em cinco hectares na Comunidade do Km 5 da BR 422, de propriedade de cinco famílias. Os mesmos agricultores acabaram de participar, nos últimos 21 e 22 de janeiro, de um curso sob esse foco promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Prefeitura com o apoio da Emater.

 

A fase da Emater é de visitas técnicas, com levantamento de dados. Um dos próximos passos pode ser a implantação, ainda este ano, de uma unidade demonstrativa (ud) de manejo, com técnicas como espaçamento adequado.

 

Deixe seu comentário