DATA: 06/10/2015

Emater discute criação de software de gestão da propriedade rural

O grande objetivo da Agência é levar projetos de inovação aos produtores

A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) recebeu, nesta segunda-feira (05/10), Rômulo Prudente Filho, diretor de alianças da Siagri, empresa especializada no desenvolvimento de softwares para o setor agropecuário.

O objetivo da reunião foi apresentar ao desenvolvedor as informações de que extensionistas e produtores rurais precisam na hora de administrar as propriedades rurais. A partir de então, será construído um modelo de software que reunirá as principais informações sobre o rebanho e a lavoura.

“Precisamos desenvolver políticas e tecnologias que, mais do que ir ao encontro do desejo do produtor, vá ao encontro de sua necessidade”, diz Joaquim Carvalho Gomide, assessor especial da presidência da Emater.

Rômulo Filho afirmou que, embora a empresa seja contratada normalmente para atender grandes produtores, a tecnologia pode sim ser usada pelos pequenos agropecuaristas. A partir das planilhas de gestão já usadas por alguns técnicos da Emater, o especialista acredita que poderá ser criado um software simples, que congregue desde informações como indicadores climáticos até controle de lotes animais.

De acordo com o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emater, Antelmo Teixeira Alves, é fundamental que o software sirva para emitir relatórios e apresentar um balanço das atividades para uma gestão mais eficiente. “É importante que a ferramenta permita fazer anotações, como índices zootécnicos, mas também reúna informações sobre lavouras, por exemplo. Isso porque o produtor trabalha com agricultura e pecuária ao mesmo tempo”, explicou. O desenvolvimento do software é uma das estratégias da Emater para levar conhecimentos sobre gestão, que envolve inovação para o produtor.

 

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais