DATA: 19/01/2016

Demanda por ovos caipiras cresce no Rio de Janeiro

A secretaria de agricultura do Estado tem incentivado a criação de galinhas caipiras como opção de renda extra para o produtor

A garantia da renda e da qualidade de vida dos agricultores familiares são objetivos do Rio Rural diretamente relacionados à sustentabilidade das unidades de produção. Por isso, desde 2011, o programa, da secretaria estadual de Agricultura, incentiva a criação de galinhas caipiras poedeiras como uma opção para complementação da renda com a venda de ovos, além de contribuir com a qualidade da alimentação das famílias

 

Segundo Edison Rodrigues Cruz, técnico executor do Rio Rural em Guapimirim, na Região Centro-Sul Fluminense, a demanda por ovos caipiras é crescente no mercado, o que tem despertado a atenção dos produtores participantes do programa.

 

“Os agricultores estão se organizando e requisitando capacitações para que possam aproveitar essa oportunidade”, conta. Desde 2011, o Rio Rural, em parceria com a Gerência de Pequenos e Médios Animais da Emater-Rio, realizou 22 cursos de criação comercial de galinhas caipiras, em 20 municípios do Estado. Ao todo, foram capacitados 400 agricultores.

 

Em Guapimirim, o Rio Rural já está apoiando a elaboração de subprojeto grupal com o objetivo de construir um entreposto, o que facilitará a inspeção sanitária e, consequentemente, a venda de ovos caipiras na região. Em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste do Estado, a produção se tornou tão expressiva que a prefeitura se encarregou de construir um entreposto com recursos próprios, possibilitando que os ovos caipiras produzidos no município fizessem parte da merenda escolar local.

 

A criação comercial de galinha caipira

Durante o dia, os animais ciscam livremente em área ampla, onde consomem material orgânico resultante das atividades agrícolas existentes na propriedade. Durante a noite, as galinhas ficam protegidas em um galpão, com água, ração e ninhos disponíveis.

 

O galpão tem dimensão suficiente para abrigar cinco galinhas por metro quadrado. As galinhas devem ser de linhagem pura, resultante de melhoramento genético específico para avicultura de postura. O acesso à ciscagem livre, a dimensão confortável do galpão e a qualidade genética dos animais resultam em ovos de excelente qualidade nutricional.

 

A vida útil das galinhas caipiras para a postura é de um ano, quando a criação deve ser renovada. Após esse período, os animais podem ser aproveitados para abate e venda, gerando ainda mais renda ao produtor.

 

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.