Curso e doação de 100 mil alevinos movimentam FestPeixe em Barreiras

Evento é voltado ao fortalecimento da aquicultura na região

Entre os dias 19 e 26 de março a cidade de Barreiras, no oeste baiano, vai receber o FestPeixe 2016, evento voltado ao fortalecimento da aquicultura na região, realizado no Parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha. A Bahia Pesca, vinculada à Secretaria de Agricultura (Seagri), estará presente na feira promovendo curso de beneficiamento, aproveitamento e confecção à base de peixe, além de distribuir 100 mil alevinos e realizar o cadastramento dos aquicultores da região em programas sociais e de crédito.

 

O curso gratuito de beneficiamento, aproveitamento e confecção à base de peixe, ministrado por Cida Pescadora, será realizado nos dias 22 e 23, a partir das 9h. Os interessados devem fazer suas inscrições no estande da Bahia Pesca montado no evento. Cida também vai comercializar, todos os dias, diversos produtos à base de peixe durante a feira, como almôndegas, quibes, espetinhos, lingüiças e hambúrgueres.

 

“Já no dia 24 vamos realizar, às 8h, a distribuição de 100 mil alevinos de tambaqui, beneficiando cerca de 21 famílias daqui da região oeste”, informa a técnica da Bahia Pesca em Barreiras, Ana Luiza Campos.

 

Debate

 

O FestPeixe 2016 vai contar também com mesa redonda, no dia 21, para debater a criação de uma câmara técnica de piscicultura no território da Bacia do Rio Grande, com a Bahia Pesca sendo representada pelo seu presidente, Dernival Oliveira Júnior. “É de extrema importância discutir a criação dessa câmara técnica, pois os trabalhadores da região precisam centralizar os debates e avanços da atividade. Servirá também para que os aquicultores busquem referências para as tomadas de decisão e para que se tenha controle de quais são os autores da cadeia produtiva e a quem cobrar determinadas demandas”, explica o presidente da Bahia Pesca.

 

Estande

Dentre as atividades desenvolvidas no estande da Bahia Pesca está o cadastramento dos pescadores e aquicultores no CadCidadão, sistema que registra a situação social e econômica dos profissionais e encaminha-os para diversos serviços públicos de assistência e crédito, a exemplo do Vida Melhor. O cadastramento no CadCidadão servirá também para que estes profissionais obtenham a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), emitida pela Bahia Pesca, serviço também oferecido pela empresa durante os oito dias de evento.

 

Deixe seu comentário

Leia mais