Gado
DATA: 07/12/2015

Cotações do boi gordo seguem firmes

Mesmo com escalas mais confortáveis, não houve um movimento de baixa no mercado

Em São Paulo, boa parte dos grandes frigoríficos está com escalas completas até o final do mês. Resultado das compras a termo, parcerias e boiadas próprias. Com isso, a pressão de compra teve redução no mercado paulista e nos Estados vizinhos onde também atuam.

 

Segundo a Scot Consultoria, ainda assim, as cotações do boi gordo ficaram firmes na última sexta-feira (04/12). A pressão de alta diminuiu, mas mesmo com escalas mais confortáveis, não houve um movimento baixista significativo no mercado.

 

Nem o escoamento lento em pleno começo do mês, mesmo após pagamento de décimo terceiro salário, conseguiu inverter a tendência de mercado firme. Algumas indústrias menores ofertaram preços acima da referência. No Sul de Goiás, por exemplo, foram verificados negócios por R$2,00 por arroba acima da referência.

 

A saída de animais de cocho facilitou as compras nos últimos dias, principalmente no Centro-Sul do país. Porém, as boiadas de safra ainda não abastecem o mercado em grande volume, já que as chuvas em novembro foram irregulares.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.