Frango.
DATA: 29/01/2016

Cotações da carne e do frango vivo recuam em janeiro

O frango resfriado aumentou 3% frente a janeiro de 2015 e recuou 4,8% em relação a dezembro de 2015

Os preços da carne e do frango vivo estão recuando ao longo do mês de janeiro. Porém, ainda assim, seguem se mantendo acima dos valores praticados há um ano em termos reais. No final do ano passado, os preços do frango foram impulsionados pelas exportações e pela boa procura interna, que, em parte, migra para essa carne devido aos preços elevados da bovina.

 

Segundo o Centro dos Estudos Avançados Aplicados (Cepea), na Grande São Paulo, o frango resfriado aumentou 3% frente a janeiro de 2015 e recuou 4,8% em relação a dezembro de 2015. Já o congelado, na mesma região, se desvalorizou 4,9% na comparação anual e subiu 8,2% na mensal. “Com relação ao vivo, sempre na Grande São Paulo, os preços proporcionam ganho de 13,3% em 12 meses, mas implicam em diferença negativa de 6,3% sobre dezembro de 2015”, diz o Cepea.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais