DATA: 12/02/2016

Cotação do robusta atinge segundo maior valor desde 2001

Indicador do Cepea fechou em R$ 401,58 por saca na última sexta-feira

O volume de café robusta negociado no mercado interno tem sido relativamente baixo no correr desta temporada. De acordo com pesquisadores do Cepea, esse cenário tem favorecido sucessivos reajustes dos preços desde junho do ano passado. Além de a última safra no Espírito Santo ter tido quebra significativa, as exportações da variedade seguem intensas desde 2014. Com isso, produtores que ainda possuem lotes de grão seguem aguardando novas altas para negociar.

 

Nesse contexto, na última sexta-feira (05/02), o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima, a retirar no Espírito Santo, atingiu R$ 401,58/saca de 60 kg, o segundo maior valor real (IGP-DI jan/16) da série histórica do Cepea, iniciada em 2001 – o recorde está em dez/2011. Já nessa quinta-feira, (11/02), o Indicador recuou para R$ 399,97/saca de 60 kg, com ligeira alta 0,62% em relação ao final de janeiro.

 


Comente essa notícia.

Faça seu cadastro ou login gratuito para enviar comentários.

Leia mais